Seleccione Edição
Login
Incêndios na Califórnia retiram 180.000 pessoas de casa e cortam a luz de milhões

Incêndios na Califórnia retiram 180.000 pessoas de casa e cortam a luz de milhões

22 fotos

Fogo ao norte de São Francisco cresce em poucos dias para 12.000 hectares, com rajadas de vento de 150 quilômetros por hora, enquanto a companhia de luz anuncia novos apagões massivos para evitar acidentes

  • Equipes de bombeiros tratam de conter o fogo, na segunda-feira em Los Angeles. O estado da Califórnia virou uma fogueira no domingo, pronta para queimar e com sua população em alerta. A sensação de perigo iminente de norte a sul foi alimentada durante uma semana por temperaturas extremas para esta época do ano, ventos fortes e os avisos constantes das empresas de eletricidade de que poderiam cortar a luz para milhões de pessoas a qualquer momento, diante do perigo de que sua infraestrutura precária causaria uma faísca fatal, como já aconteceu várias vezes.
    1Equipes de bombeiros tratam de conter o fogo, na segunda-feira em Los Angeles. O estado da Califórnia virou uma fogueira no domingo, pronta para queimar e com sua população em alerta. A sensação de perigo iminente de norte a sul foi alimentada durante uma semana por temperaturas extremas para esta época do ano, ventos fortes e os avisos constantes das empresas de eletricidade de que poderiam cortar a luz para milhões de pessoas a qualquer momento, diante do perigo de que sua infraestrutura precária causaria uma faísca fatal, como já aconteceu várias vezes. EFE
  • Uma pessoa passa em frente a uma casa em chamas enquanto um bombeiro tenta apagar o incêndio próximo do The Getty Center. O governador Gavin Newsom declarou estado de emergência no domingo para poder mobilizar todos os recursos disponíveis.
    2Uma pessoa passa em frente a uma casa em chamas enquanto um bombeiro tenta apagar o incêndio próximo do The Getty Center. O governador Gavin Newsom declarou estado de emergência no domingo para poder mobilizar todos os recursos disponíveis. AP
  • Vista geral da montanha depois do incêndio em Los Angeles. As autoridades da Califórnia decidiram evitar as tragédias de 2018 e 2017 por todos os meios, mesmo que isso signifique alterar seriamente as vidas de centenas de milhares de pessoas e causar uma sensação de caos sem precedentes.
    3Vista geral da montanha depois do incêndio em Los Angeles. As autoridades da Califórnia decidiram evitar as tragédias de 2018 e 2017 por todos os meios, mesmo que isso signifique alterar seriamente as vidas de centenas de milhares de pessoas e causar uma sensação de caos sem precedentes. AP
  • Um avião sobrevoava Vallejo (Califórnia) no domingo. No centro do debate local está a principal empresa estatal de energia, a Pacific Gas and Electric (PG&E). Prevendo altas temperaturas e ventos fortes neste fim de semana, ela anunciou que reduziria a luz para cerca de 940.000 clientes (em torno de dois milhões de pessoas) e que esses cortes poderiam durar até segunda-feira. Assim, na condicional. Nem o número de pessoas afetadas nem a duração são seguras.
    4Um avião sobrevoava Vallejo (Califórnia) no domingo. No centro do debate local está a principal empresa estatal de energia, a Pacific Gas and Electric (PG&E). Prevendo altas temperaturas e ventos fortes neste fim de semana, ela anunciou que reduziria a luz para cerca de 940.000 clientes (em torno de dois milhões de pessoas) e que esses cortes poderiam durar até segunda-feira. Assim, na condicional. Nem o número de pessoas afetadas nem a duração são seguras. AP
  • Um edifício em Fieldstone Farm depois do incêndio em Santa Rosa, na segunda-feira, 28 de outubro. Os cabos e transformadores da PG&E que pairam sobre áreas florestais do norte do Estado estão na origem dos dois incêndios mais mortais deste século na Califórnia, com mais de 100 mortos nos últimos dois anos. Décadas de manutenção deficiente e investimento mínimo em infraestrutura significaram que, em tempos de perigo especial devido às condições atmosféricas, não há outra maneira de evitar incêndios do que fazer blecautes.
    5Um edifício em Fieldstone Farm depois do incêndio em Santa Rosa, na segunda-feira, 28 de outubro. Os cabos e transformadores da PG&E que pairam sobre áreas florestais do norte do Estado estão na origem dos dois incêndios mais mortais deste século na Califórnia, com mais de 100 mortos nos últimos dois anos. Décadas de manutenção deficiente e investimento mínimo em infraestrutura significaram que, em tempos de perigo especial devido às condições atmosféricas, não há outra maneira de evitar incêndios do que fazer blecautes. AP
  • Esta foto foi feita no domingo, em Hill Road em Healdsburg.
    6Esta foto foi feita no domingo, em Hill Road em Healdsburg. AP
  • Equipes de trabalho em uma encosta afetada pelos incêndios florestais em Mandeville Canyon na segunda-feira, em Los Angeles. A tática do blecaute para evitar incêndios, aceitável quando aplicada cirúrgica e ocasionalmente, desencadeou a indignação quando aplicada massivamente e com pouco tempo para se preparar. A empresa estatal de energia recebeu críticas severas de políticos do estado, mas a realidade é que eles não podem fazer nada a respeito.
    7Equipes de trabalho em uma encosta afetada pelos incêndios florestais em Mandeville Canyon na segunda-feira, em Los Angeles. A tática do blecaute para evitar incêndios, aceitável quando aplicada cirúrgica e ocasionalmente, desencadeou a indignação quando aplicada massivamente e com pouco tempo para se preparar. A empresa estatal de energia recebeu críticas severas de políticos do estado, mas a realidade é que eles não podem fazer nada a respeito. AP
  • Na imagem, os bombeiros lançam água no edifício do Lafayette Tennis Club, em Lafayette, Califórnia, no domingo 27.
    8Na imagem, os bombeiros lançam água no edifício do Lafayette Tennis Club, em Lafayette, Califórnia, no domingo 27. AP
  • Na imagem, bombeiros neste domingo em Kincade, em Healdsburg, Califórnia. Essas condições extremas estão ocorrendo na Califórnia há duas semanas. Entre a segunda quinzena de setembro e a primeira de novembro, geralmente são registrados os dias mais quentes do ano. No entanto, é raro que temperaturas acima de 35 graus ocorram por tantos dias seguidos quanto na semana passada. Na terça-feira, Anaheim, ao sul de Los Angeles e não muito longe da costa, foi por 24 horas o lugar mais quente dos Estados Unidos, com 37 graus.
    9Na imagem, bombeiros neste domingo em Kincade, em Healdsburg, Califórnia. Essas condições extremas estão ocorrendo na Califórnia há duas semanas. Entre a segunda quinzena de setembro e a primeira de novembro, geralmente são registrados os dias mais quentes do ano. No entanto, é raro que temperaturas acima de 35 graus ocorram por tantos dias seguidos quanto na semana passada. Na terça-feira, Anaheim, ao sul de Los Angeles e não muito longe da costa, foi por 24 horas o lugar mais quente dos Estados Unidos, com 37 graus. AFP
  • Fotografia deste domingo, em Hill Road em Healdsburg (Califórnia). À situação de acolor dos últimos dias foram adicionadas rajadas de vento sem precedentes durante o fim de semana ao norte de São Francisco. Este é um fenômeno comum nesta época do ano, mas, segundo especialistas, é produzido com condições excepcionais de força e duração. No norte, eles são chamados de ventos Diablo e, no sul, ventos de Santa Ana, e consistem em fortes rajadas que vão do deserto à costa, secando a vegetação em seu caminho. Qualquer fagulha pode levar a um incêndio fatal.
    10Fotografia deste domingo, em Hill Road em Healdsburg (Califórnia). À situação de acolor dos últimos dias foram adicionadas rajadas de vento sem precedentes durante o fim de semana ao norte de São Francisco. Este é um fenômeno comum nesta época do ano, mas, segundo especialistas, é produzido com condições excepcionais de força e duração. No norte, eles são chamados de ventos Diablo e, no sul, ventos de Santa Ana, e consistem em fortes rajadas que vão do deserto à costa, secando a vegetação em seu caminho. Qualquer fagulha pode levar a um incêndio fatal. AFP
  • O Serviço Meteorológico Nacional dos EUA alertou para ventos entre 104 e 128 quilômetros por hora neste fim de semana em torno de São Francisco. As previsões se tornaram preocupantemente reais quando houve rajadas de 150 quilômetros por hora na noite de sábado, perto de Santa Rosa, na região vinícola de Sonoma, 90 quilômetros ao norte de São Francisco. As rajadas de vento deveriam durar pelo menos 36 horas, até segunda-feira.
    11O Serviço Meteorológico Nacional dos EUA alertou para ventos entre 104 e 128 quilômetros por hora neste fim de semana em torno de São Francisco. As previsões se tornaram preocupantemente reais quando houve rajadas de 150 quilômetros por hora na noite de sábado, perto de Santa Rosa, na região vinícola de Sonoma, 90 quilômetros ao norte de São Francisco. As rajadas de vento deveriam durar pelo menos 36 horas, até segunda-feira.
  • Na imagem, os bombeiros de San Matteo trabalhavam no domingo para extinguir os focos de incêndio de Kincade, no condado de Sonoma, Califórnia.
    12Na imagem, os bombeiros de San Matteo trabalhavam no domingo para extinguir os focos de incêndio de Kincade, no condado de Sonoma, Califórnia. AP
  • A situação mais grave foi vivida no domingo. Um incêndio que começou na quarta-feira e foi batizado de Kincade Fire se espalhou a toda velocidade por 12.000 hectares. Já destruiu 79 edifícios residenciais e comerciais. No domingo, foi controlado por 10% e as rajadas fizeram temer pelo pior. Mais de 180.000 pessoas estavam em áreas sob ordens de evacuação obrigatórias no Condado de Sonoma. Foi "a maior operação de evacuação de que conseguimos lembrar" no município, tuitou o xerife do sonoma.
    13A situação mais grave foi vivida no domingo. Um incêndio que começou na quarta-feira e foi batizado de Kincade Fire se espalhou a toda velocidade por 12.000 hectares. Já destruiu 79 edifícios residenciais e comerciais. No domingo, foi controlado por 10% e as rajadas fizeram temer pelo pior. Mais de 180.000 pessoas estavam em áreas sob ordens de evacuação obrigatórias no Condado de Sonoma. Foi "a maior operação de evacuação de que conseguimos lembrar" no município, tuitou o xerife do sonoma. REUTERS
  • Um bombeiro utiliza a mangueira em uma casa fumegante destruída pelo incêndio em Los Angeles.
    14Um bombeiro utiliza a mangueira em uma casa fumegante destruída pelo incêndio em Los Angeles. AP
  • As zonas de evacuação incluíram alguns bairros da cidade de Santa Rosa de tenebrosa memória. Foi aqui que, em outubro de 2017, o chamado Tubbs Fire matou 23 pessoas e destruiu um bairro inteiro da cidade, que foi reduzido a cinzas em questão de horas. Esse incêndio foi causado por uma falha elétrica.
    15As zonas de evacuação incluíram alguns bairros da cidade de Santa Rosa de tenebrosa memória. Foi aqui que, em outubro de 2017, o chamado Tubbs Fire matou 23 pessoas e destruiu um bairro inteiro da cidade, que foi reduzido a cinzas em questão de horas. Esse incêndio foi causado por uma falha elétrica. REUTERS
  • A causa do incêndio em Sonoma ainda é oficialmente desconhecida. No entanto, começam a surgir informações que seguem um padrão perturbador dos grandes incêndios do passado. Na quinta-feira, a PG&E disse aos reguladores que um de seus cabos de alta tensão quebrou na noite de quarta-feira na área onde o incêndio começou.
    16A causa do incêndio em Sonoma ainda é oficialmente desconhecida. No entanto, começam a surgir informações que seguem um padrão perturbador dos grandes incêndios do passado. Na quinta-feira, a PG&E disse aos reguladores que um de seus cabos de alta tensão quebrou na noite de quarta-feira na área onde o incêndio começou. REUTERS
  • O incêndio em Sonoma era uma das nove frentes ativas registrados na manhã de domingo no CalFire, o serviço de emergência de bombeiros da Califórnia. O outro ponto de preocupação era o nordeste de Los Angeles, perto de Santa Clarita. O chamado Tick Fire mal teve 1.800 hectares no domingo e destruiu 22 construções. Até 50.000 pessoas receberam ordens de evacuação, embora no sábado cerca de 30.000 tenham conseguido voltar para suas casas.
    17O incêndio em Sonoma era uma das nove frentes ativas registrados na manhã de domingo no CalFire, o serviço de emergência de bombeiros da Califórnia. O outro ponto de preocupação era o nordeste de Los Angeles, perto de Santa Clarita. O chamado Tick Fire mal teve 1.800 hectares no domingo e destruiu 22 construções. Até 50.000 pessoas receberam ordens de evacuação, embora no sábado cerca de 30.000 tenham conseguido voltar para suas casas. AP
  • O perímetro do incêndio em Sonoma foi controlado no domingo de manhã em 65%. A temperatura caiu drasticamente na área de Los Angeles em comparação com o resto da semana. Mas o fogo estava perigosamente próximo à cidade de Santa Clarita em condições extremas de seca e vento considerados "bandeira vermelha". Essas condições incluíam uma previsão de rajadas de vento entre 70 e 90 quilômetros por hora, que poderiam durar até segunda-feira e agravar a situação.
    18O perímetro do incêndio em Sonoma foi controlado no domingo de manhã em 65%. A temperatura caiu drasticamente na área de Los Angeles em comparação com o resto da semana. Mas o fogo estava perigosamente próximo à cidade de Santa Clarita em condições extremas de seca e vento considerados "bandeira vermelha". Essas condições incluíam uma previsão de rajadas de vento entre 70 e 90 quilômetros por hora, que poderiam durar até segunda-feira e agravar a situação. AP
  • O clima do Halloween não foi devidamente aproveitado por muitos dos moradores da região local durante os incêndios.
    19O clima do Halloween não foi devidamente aproveitado por muitos dos moradores da região local durante os incêndios. AFP
  • Na imagem, um incêndio florestal em East Cypress Road, em Knightsen, Califórnia, no domingo de madrugada.
    20Na imagem, um incêndio florestal em East Cypress Road, em Knightsen, Califórnia, no domingo de madrugada. AP
  • Na imagem, trabalhos de extinção em Windsor (Califórnia), no dia 27 de outubro.
    21Na imagem, trabalhos de extinção em Windsor (Califórnia), no dia 27 de outubro. REUTERS
  • Um bombeiro na estação do distrito de bombeiros de Lone Peak em Highland (Utah), neste domingo.
    22Um bombeiro na estação do distrito de bombeiros de Lone Peak em Highland (Utah), neste domingo. AP