Seleccione Edição
Login
Retrato de Bernardo Berolucci o 25 de fevereiro de 1988.
Retrato de Bernardo Berolucci o 25 de fevereiro de 1988. AGIP / Cordon Press

A vida de Bernardo Bertolucci, em imagens

10 fotos

O diretor italiano morreu na segunda-feira aos 77 anos de idade, deixando uma carreira de vinte filmes, alguns de grande sucesso como 'O último tango em Paris' e 'O último imperador'

  • Bernardo Bertolucci durante a gravação do filme 'Io e Te' ('Eu e você'), baseado no romance de Niccolò Ammaniti, com o qual o cineasta italiano voltou ao cinema em 2012, após 10 anos sem filmar.
    1Bernardo Bertolucci durante a gravação do filme 'Io e Te' ('Eu e você'), baseado no romance de Niccolò Ammaniti, com o qual o cineasta italiano voltou ao cinema em 2012, após 10 anos sem filmar. Cordon Press
  • Bernardo Bertolucci, fotografado em 25 de fevereiro de 1988. Nesse mesmo ano, o cineasta italiano ganhou o Oscar de melhor diretor por seu filme biográfico 'O Último Imperador'. O filme, baseado no livro 'From Emperor to Citizien' ('A primeira metade de minha vida', em português), de Pu Yi, foi o primeiro a obter permissão das autoridades chinesas para ser rodado dentro da Cidade Proibida, em Pequim.
    2Bernardo Bertolucci, fotografado em 25 de fevereiro de 1988. Nesse mesmo ano, o cineasta italiano ganhou o Oscar de melhor diretor por seu filme biográfico 'O Último Imperador'. O filme, baseado no livro 'From Emperor to Citizien' ('A primeira metade de minha vida', em português), de Pu Yi, foi o primeiro a obter permissão das autoridades chinesas para ser rodado dentro da Cidade Proibida, em Pequim. AGIP / Cordon Press
  • O diretor de cinema italiano, Bernardo Bertolucci, recebe a Medalha de Ouro para o Meritório da Cultura e da Arte das mãos do então príncipe Felipe da Espanha, em Toledo, em 12 de dezembro de 2007.
    3O diretor de cinema italiano, Bernardo Bertolucci, recebe a Medalha de Ouro para o Meritório da Cultura e da Arte das mãos do então príncipe Felipe da Espanha, em Toledo, em 12 de dezembro de 2007. AP
  • Bertolucci conversa com Marlon Brando e Maria Schneider durante a gravação do filme 'O Último Tango em Paris', em 1972. Este filme causou um grande impacto na sociedade dos anos 70 pelo forte erotismoa, com numerosos planos de nus frontais feminino e, com uma cena particular que entraria à história do cinema, na qual o personagem de Marlon Brando viola a mulher interpretada por Maria Schneider. Na época a atriz, então com 19 anos, denunciou que não havia consentido a cena. "Senti-me humilhada e, para ser honesta, um pouco violentada por Marlon e Bertolucci", afirmou, ao jornal britânico Daily Mail. Anos depois Bertolucci admitiu a versão da atriz: “Queria sua reação como menina, não como atriz. Não queria que Maria interpretasse sua humilhação e sua raiva, queria que sentisse. Os gritos… ‘Não, não!’. Depois me odiaria para sempre”.
    4Bertolucci conversa com Marlon Brando e Maria Schneider durante a gravação do filme 'O Último Tango em Paris', em 1972. Este filme causou um grande impacto na sociedade dos anos 70 pelo forte erotismoa, com numerosos planos de nus frontais feminino e, com uma cena particular que entraria à história do cinema, na qual o personagem de Marlon Brando viola a mulher interpretada por Maria Schneider. Na época a atriz, então com 19 anos, denunciou que não havia consentido a cena. "Senti-me humilhada e, para ser honesta, um pouco violentada por Marlon e Bertolucci", afirmou, ao jornal britânico Daily Mail. Anos depois Bertolucci admitiu a versão da atriz: “Queria sua reação como menina, não como atriz. Não queria que Maria interpretasse sua humilhação e sua raiva, queria que sentisse. Os gritos… ‘Não, não!’. Depois me odiaria para sempre”. Courtesy Everett Collection
  • Bernardo Bertolucci, presidente do júri da 70ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, na cerimônia de abertura da premiação, em 28 de agosto de 2013.
    5Bernardo Bertolucci, presidente do júri da 70ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, na cerimônia de abertura da premiação, em 28 de agosto de 2013. Getty Images
  • Bernardo Bertolucci junto a Liv Tyler, durante filmagem de 'Beleza roubada', que estreou em 30 de agosto de 1996.
    6Bernardo Bertolucci junto a Liv Tyler, durante filmagem de 'Beleza roubada', que estreou em 30 de agosto de 1996. United Archives / Cordon Press
  • Bertolucci recebe o prêmio honorário por toda a sua carreira durante a cerimônia do European Film Awards de 2012 das mãos do presidente do evento, o diretor Wim Wenders, em Malta.
    7Bertolucci recebe o prêmio honorário por toda a sua carreira durante a cerimônia do European Film Awards de 2012 das mãos do presidente do evento, o diretor Wim Wenders, em Malta. REUTERS
  • Bertolucci, em sua cadeira de rodas, parabeniza o diretor italiano Gianfranco Rosi depois de ganhar o Leão de Ouro por seu filme 'Sacro GRA', em Veneza (Itália), em 7 de setembro de 2013. Na 70ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, Bertolucci participou como júri, 6 anos depois de ter sido premiado em 2007 com o Leão de Ouro pelo conjunto da obra.
    8Bertolucci, em sua cadeira de rodas, parabeniza o diretor italiano Gianfranco Rosi depois de ganhar o Leão de Ouro por seu filme 'Sacro GRA', em Veneza (Itália), em 7 de setembro de 2013. Na 70ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, Bertolucci participou como júri, 6 anos depois de ter sido premiado em 2007 com o Leão de Ouro pelo conjunto da obra. EFE
  • Bertolucci é retratado na 'estreia' do 'O Último Tango em Paris', em 14 de março de 1973, filme que gerou grandes debates e controvérsias por seu conteúdo sexual. Finalmente, ele obteve duas indicações para o Oscar de 1973, nas categorias de melhor diretor e melhor ator.
    9Bertolucci é retratado na 'estreia' do 'O Último Tango em Paris', em 14 de março de 1973, filme que gerou grandes debates e controvérsias por seu conteúdo sexual. Finalmente, ele obteve duas indicações para o Oscar de 1973, nas categorias de melhor diretor e melhor ator. Getty Images
  • Bertolucci conversa com Jacopo Olmo Antorini no set de gravação do filme 'Eu e você', em 2012.
    10Bertolucci conversa com Jacopo Olmo Antorini no set de gravação do filme 'Eu e você', em 2012. Cordon Press