Seleccione Edição
Login

Estamos preparados para a grande pandemia?

A gripe aviária está a apenas algumas mutações de distância de se tornar epidemia mais longa e perigosa que nosso planeta já viveu

O mundo poderia estar vivendo uma das primeiras cenas de um filme de desastres. A gripe aviária causa grandes problemas econômicos às granjas de todo o mundo e está a poucas mutações de se tornar a pandemia mais longa e perigosa que nosso planeta já vivenciou. O premiado jornalista Simon Parkin investiga o passado, o presente e o futuro desta ameaça à humanidade, conversando com os epidemiologistas que estão fazendo as pesquisas mais inovadoras, os granjeiros na linha de frente do problema e os políticos que tentam deter o desastre apesar dos crescentes cortes orçamentários.

1. Início

Estamos preparados para a grande pandemia?

O SURTO DA GRIPE AVIÁRIA EM HONG KONG, 1997

Em abril de 1997, um menino de três anos chamado Lam Hoi-ka chegou à escola e descobriu que sua classe havia sido tomada por um grupo de visitantes inesperados. Era uma cena que se repetia em escolas primárias de todo o mundo: um carcarejar de pintinhos amontoados como pequenas bolas de pelúcia sob uma lâmpada de calor. À medida que as crianças eram chamadas pelo nome, elas pegavam os pintinhos no colo. Logo depois, um por um, os bichinhos começaram a morrer.

LER REPORTAGEM >>

2. Premonição

Estamos preparados para a grande pandemia?

COMO A GRIPE AVIÁRIA MOLDOU A GRANDE GUERRA

Era a primavera de 1918 e os campos de batalha ao longo da fronteira entre a França e a Bélgica estavam cheios de cadáveres. Esses homens não foram abatidos por projéteis ou balas. Seu inimigo era um flagelo invisível, um agressor que vivia nos rios de lama, sangue e urina que escorriam das trincheiras, um assassino pairando no ar.


3. Aves em marcha

Estamos preparados para a grande pandemia?

O RETORNO DA GRIPE AVIÁRIA

Em 4 de fevereiro de 2003, uma menina de oito anos que estava viajando com sua família na província chinesa de Fujian ficou repentinamente doente e morreu. Enquanto sua morte estava sendo investigada, três dias depois, o pai dela, de 33 anos, desenvolveu problemas respiratórios. Em 11 de fevereiro, ele entrou no hospital com pneumonia aguda. Morreu seis dias depois. Durante a autópsia, os médicos encontraram vestígios do vírus H5N1 em seu cadáver.


4. Evolução

Estamos preparados para a grande pandemia?

COMO UM VÍRUS SE TRANSFORMA EM AMEAÇA

Em 2011, Ron Fouchier pegou uma pipeta com uma mão, um furão com a outra e derramou algumas gotas de líquido no focinho trêmulo do animal. Este era um procedimento de rotina para Fouchier, um dos principais virologistas do Erasmus Medical Center, em Roterdã. No entanto, enquanto pressionava a pipeta, ele não podia antever as consequências de suas ações.

5. Brote

Estamos preparados para a grande pandemia?

NOSSA PRÓXIMA PANDEMIA MUNDIAL

Se uma casa de apostas tivesse que estimar as probabilidades sobre qual evento apocalíptico é o mais propenso a eliminar a raça humana, uma pandemia teria mais probabilidades do que qualquer ataque nuclear, revolta de robôs e asteroides.