Seleccione Edição
Login
Dia Mundial del Sindrome de Down
Gema chora de emoção ao final do desfile.
11 fotos

Um desfile pelo Dia Mundial da Síndrome de Down

Pessoas com Síndrome de Down reivindicam em um desfile não ser tratados como crianças: "Somos adultos"

  • Jovens com Síndrome de Down participaram em um desfile na Espanha organizado pela empresa Bodas Zankyou e a Fundação Down Madri, com o objetivo de apoiar a inclusão social desse coletivo em todos os âmbitos e conscientizar sobre o tratamento infantil que eles recebem, no contexto do Dia Internacional da Síndrome de Down. Na imagem, Pilar fala com uma modelo no backstage antes do desfile de moda no Hotel Wellington, em Madri.
    1Jovens com Síndrome de Down participaram em um desfile na Espanha organizado pela empresa Bodas Zankyou e a Fundação Down Madri, com o objetivo de apoiar a inclusão social desse coletivo em todos os âmbitos e conscientizar sobre o tratamento infantil que eles recebem, no contexto do Dia Internacional da Síndrome de Down. Na imagem, Pilar fala com uma modelo no backstage antes do desfile de moda no Hotel Wellington, em Madri.
  • Jorge González, diretor de emprego da Fundação Down Madri, declarou que "se trata de apoiar as pessoas com atividade limitada a participar como mais um no dia a dia. Para isso é importante se vestir e se comportar como o fazem as pessoas de sua idade". Na imagem, Pilar é maquiada no backstage.
    2Jorge González, diretor de emprego da Fundação Down Madri, declarou que "se trata de apoiar as pessoas com atividade limitada a participar como mais um no dia a dia. Para isso é importante se vestir e se comportar como o fazem as pessoas de sua idade". Na imagem, Pilar é maquiada no backstage.
  • Sob o lema de 'A Beleza é para todos', os modelos começaram desfilando de maneira individual com vestidos de convidado de casamentos muito coloridos. Na imagem, Beatriz é vista no backstage antes de participar do desfile.
    3Sob o lema de 'A Beleza é para todos', os modelos começaram desfilando de maneira individual com vestidos de convidado de casamentos muito coloridos. Na imagem, Beatriz é vista no backstage antes de participar do desfile.
  • Gema chora de emoção ao final do desfile. Ao final do desfile, todos se os participantes se uniram para receber o reconhecimento por parte dos espectadores e terminaram dançando todos juntos no que se converteu em "uma espécie de festa".
    4Gema chora de emoção ao final do desfile. Ao final do desfile, todos se os participantes se uniram para receber o reconhecimento por parte dos espectadores e terminaram dançando todos juntos no que se converteu em "uma espécie de festa".
  • Depois do desfile principal um grupo de mulheres desfilaram de mãos dadas com algumas influencers que se somaram à causa. Na imagem, Pilar e uma modelo desfilam no Hotel Wellington em Madri.
    5Depois do desfile principal um grupo de mulheres desfilaram de mãos dadas com algumas influencers que se somaram à causa. Na imagem, Pilar e uma modelo desfilam no Hotel Wellington em Madri.
  • Pilar e Javier dançam no backstage antes do desfile. Os promotores do projeto pretendem reivindicar assim a necessidade de conscientizar a sociedade sobre os efeitos positivos de tratar de acordo com a sua idade as pessoas com Síndrome de Down. Segundo assinalam, trata-se de "uma grande ajuda social" para seu desenvolvimento, maturidade e integração social "que a sociedade lhes reconheça como pessoas maduras".
    6Pilar e Javier dançam no backstage antes do desfile. Os promotores do projeto pretendem reivindicar assim a necessidade de conscientizar a sociedade sobre os efeitos positivos de tratar de acordo com a sua idade as pessoas com Síndrome de Down. Segundo assinalam, trata-se de "uma grande ajuda social" para seu desenvolvimento, maturidade e integração social "que a sociedade lhes reconheça como pessoas maduras".
  • O casal Rocío e Javier dão um beijo antes de participar no desfile.
    7O casal Rocío e Javier dão um beijo antes de participar no desfile.
  • Atualmente calcula-se que na Espanha há cerca de 35.000 pessoas com Síndrome de Down, o que não dá 0,075% da população total. Neste contexto, destaca-se que tratar essas pessoas como crianças pode ser prejudicial para seu desenvolvimento, e lamenta-se que haja uma maior tendência a tratar como crianças às mulheres. Na imagem, Beatriz é penteada no backstage antes do desfile no Hotel Wellington em Madri.
    8Atualmente calcula-se que na Espanha há cerca de 35.000 pessoas com Síndrome de Down, o que não dá 0,075% da população total. Neste contexto, destaca-se que tratar essas pessoas como crianças pode ser prejudicial para seu desenvolvimento, e lamenta-se que haja uma maior tendência a tratar como crianças às mulheres. Na imagem, Beatriz é penteada no backstage antes do desfile no Hotel Wellington em Madri.
  • "É necessário lhes dar o apoio que falta para que façam o mesmo que as pessoas de sua mesma geração", salienta González, que expressou que este tipo de iniciativas são "importantes e imprescindíveis" para que as pessoas com atividade limitada intelectual "vão alcançando os tetos que ainda ficam por alcançar", afirmam os promotores do projeto. Na imagem, Pilar (esq) e Gema observam seus colegas praticar antes de desfilar.
    9"É necessário lhes dar o apoio que falta para que façam o mesmo que as pessoas de sua mesma geração", salienta González, que expressou que este tipo de iniciativas são "importantes e imprescindíveis" para que as pessoas com atividade limitada intelectual "vão alcançando os tetos que ainda ficam por alcançar", afirmam os promotores do projeto. Na imagem, Pilar (esq) e Gema observam seus colegas praticar antes de desfilar.
  • A Country Manager de Zankyou, Luzia da Cruz, indicou que depois de quatro anos de colaboração com a Fundação decidiram fazer "um projeto maior" e que por isso organizaram o desfile, para conseguir que estes jovens "se sentam independentes e autônomos". Na imagem, Ana e Rocío vestem-se no backstage antes do desfile.
    10A Country Manager de Zankyou, Luzia da Cruz, indicou que depois de quatro anos de colaboração com a Fundação decidiram fazer "um projeto maior" e que por isso organizaram o desfile, para conseguir que estes jovens "se sentam independentes e autônomos". Na imagem, Ana e Rocío vestem-se no backstage antes do desfile. EL PAÍS
  • Ángel, Javier, Ana, Pilar, Rocío, Gema, e Beatriz posam com outros modelos ao final do desfile de moda por ocasião do Dia Internacional da Síndrome de Down no Hotel Wellington em Madri. "Outro dia, chegamos à conclusão de que não queremos mães-coragem, mas uma sociedade-coragem", acrescentou González para destacar que esse tipo de iniciativa fomenta que as pessoas com Síndrome de Down recebam o mesmo tratamento "que o resto da sociedade".
    11Ángel, Javier, Ana, Pilar, Rocío, Gema, e Beatriz posam com outros modelos ao final do desfile de moda por ocasião do Dia Internacional da Síndrome de Down no Hotel Wellington em Madri. "Outro dia, chegamos à conclusão de que não queremos mães-coragem, mas uma sociedade-coragem", acrescentou González para destacar que esse tipo de iniciativa fomenta que as pessoas com Síndrome de Down recebam o mesmo tratamento "que o resto da sociedade".