Donald Trump bate recordes com seu monólogo no Saturday Night Live

Programa de NBC alcança com o magnata e candidato sua maior audiência desde 2012

A polêmica e esperada visita do candidato à Presidência dos Estados Unidos caiu muito bem ao Saturday Night Live. Sua intervenção na noite de 7 de novembro resultou em um magnífico 6,6 de rating e 16 de share, o melhor resultado do programa desde 7 de janeiro de 2012, quando o ex-jogador da NBA Charles Barkley compareceu ao show.

O programa começou com o clássico monólogo, interrompido pelos gritos de “racista” do comediante Larry David para o magnata. “Disseram-me que se gritasse ‘racista’ me dariam 5.000 dólares”, explicou ele a Donald Trump. “Como homem de negócios, eu o respeito completamente”, lhe respondeu o magnata. Em comparação com os dados de audiência do Saturday Night Live no ano passado, o aumento representa um incremento de 53%. O programa incluiu piadas hilárias como a paródia do presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, entregando a Trump um cheque para a construção do muro que o candidato prometeu entre o México e os Estados Unidos ou uma reunião do futuro governo de Trump, do qual se destaca sua filha Ivanka, que tem como obsessão remodelar a Casa Branca.

MAIS INFORMAÇÕES