Seleccione Edição
Login

Protestos contra a terceirização

A CUT e outras entidades promoveram protestos em dezenas de cidades nesta quarta-feira contra o projeto de lei que amplia a terceirização das empresas. Após recuo de siglas como o PSDB, que citaram a repercussão negativa da ideia, proposta foi retirada da pauta da Câmara, para onde retornará depois do feriado

  • Milhares de manifestantes no Largo da Batata, em São Paulo, em protesto com o projeto que amplia a possibilidade de terceirização.
    1Milhares de manifestantes no Largo da Batata, em São Paulo, em protesto com o projeto que amplia a possibilidade de terceirização. EFE
  • No Rio, manifestantes contra o projeto que amplia a possibilidade de terceirização.
    2No Rio, manifestantes contra o projeto que amplia a possibilidade de terceirização. EFE
  • Panorama do Largo da Batata, em São Paulo, com manifestantes convocados pelas centrais sindicais contra projeto de terceirização. Após pressão contra proposta, projeto foi retirado da pauta e só será retomada semana que vem.
    3Panorama do Largo da Batata, em São Paulo, com manifestantes convocados pelas centrais sindicais contra projeto de terceirização. Após pressão contra proposta, projeto foi retirado da pauta e só será retomada semana que vem. EFE
  • BRA07. SAO PAULO (BRASIL). 15042015.- Manifestantes protestan hoy, Cartaz no Largo da Batata, em São Paulo, contra o deputado Paulinho (SD), um dos articuladores da proposta que amplia as possibilidades da terceirização.
    4BRA07. SAO PAULO (BRASIL). 15/04/2015.- Manifestantes protestan hoy, Cartaz no Largo da Batata, em São Paulo, contra o deputado Paulinho (SD), um dos articuladores da proposta que amplia as possibilidades da terceirização. EFE
  • Protesto em frente a Fiesp, a federação das indústrias de São Paulo que apoia o projeto da terceirização.
    5Protesto em frente a Fiesp, a federação das indústrias de São Paulo que apoia o projeto da terceirização. EFE
  • Integrante da CUT vestido como o Papa Francisco diz que a PL da terceirização "não é de Deus". Cena do Rio envolve ainda 'enterro' da carteira de trabalho, símbolo da CLT.
    6Integrante da CUT vestido como o Papa Francisco diz que a PL da terceirização "não é de Deus". Cena do Rio envolve ainda 'enterro' da carteira de trabalho, símbolo da CLT. AFP