SModa

‘Brinner’, a tendência gastronômica de 2015 é jantar o café da manhã

Descobrimos as chaves desta moda e os motivos que fazem dela a sensação de 2015

Panquecas para o café da manhã e para o jantar.
Panquecas para o café da manhã e para o jantar.

Depois do brunch, da slowfood, dos cronuts, dos cupcakes, da quinoa e todas as modas, algumas impronunciáveis, que alternativamente foram entrando e saindo de sua mesa, transformando-se em fúteis panaceias, imprescindíveis do sabor ou musts para perfeitos anfitriões; atenção, chega o brinner!

Brinner consiste, como seu próprio e acróstico nome indica, o breakfast for dinner. Para ser mais exato e, como mostra o Urban Dictionary, é “o café da manhã tomado na hora do jantar”. Mas, antes de se transformar no Chapeleiro Maluco de Alice no País das Maravilhas tentando decifrar esta defasagem horária, vamos tentar dar as chaves de um bom brinner.

Mais informações

Quando? Embora não exista unanimidade sobre a aparição deste neologismo, tudo parece indicar que o brinner surgiu nos Estados Unidos onde, entre os nova-iorquinos, o hábito de jantar cereais com leite era bastante comum. Outros acham que a origem do brinner é pura necessidade. Levando em conta a febre pelos cafés da manhã que nos inundaram ultimamente (procure no Google “all day breakfast” e veja os resultados), seria preciso encontrar mais horas do dia que apenas as manhãs para testar e colocar em prática as receitas que iam se acumulando em suas tarefas pendentes. Há outras teorias menos rebuscadas afirmando que, simplesmente, isso de tomar o café da manhã em vez de jantar é mais velho que o mundo (quem não comeu uns cereais ou uns ovos mexidos antes de se reunir com Morfeu?).

Quanto? Não exageramos se falamos que o brinner será o novo pesadelo gastronômico deste ano... Já existem Pinterests dedicados somente a esta nova moda e as receitas vão se multiplicando...

Como? A boa notícia é que qualquer um pode praticar o brinning. Se já está tomando café da manhã há décadas, claro que vai conseguir! Com panquecas, bolinhos, waffles, ovos mexidos, ovos estilo ranchero, cereais, toucinho, frutas, pão francês, quinoa (claro), bacon, torradas, rabanadas, muffins, burritos, pizza, fritada... As combinações são infinitas e vão do mais básico ao mais sofisticado. Depende de você, mas vai ficando mais claro que nesta louca corrida para sermos foodies, o café da manhã – talvez por ser, de todas as comidas, a que requer menos habilidades culinárias e admite mais imaginação – é o rei e, a este passo, vai colonizar todos os fusos horários...

Alan e Gary, proprietários do Cereal Killer Café, em Londres, onde se pode comer café da manhã a qualquer hora do dia.
Alan e Gary, proprietários do Cereal Killer Café, em Londres, onde se pode comer café da manhã a qualquer hora do dia.Divulgação

Onde (opções na Europa)? Embora na Espanha o café da manhã continua restrito às primeiras horas do dia (apesar de serem bem amplas, é preciso dizer), em alguns países, o brinner já está mais institucionalizado. Talvez Londres seja agora a meca do brinner. No menu do The Breakfast Club (um dos principais locais para apreciar o tradicional full english breakfast na capital britânica), um cartaz diz: “Late Late Breakfast. Because it’s always breakfast time somewhere in the world” (Café da Manhã tarde. Porque sempre é hora de tomar café da manhã em algum lugar do mundo). E no Cereal Killer Cafe é possível tomar uma deliciosa tigela de cereais personalizada como quiser. De volta à Espanha, em Madri, o Olive oferece um brunch com crepes até as 23h, sábados e domingos. E no Brunch & Cake (Barcelona), é possível jantar um delicioso (e calórico) brunch até as 22h.

Por quê? A primeira coisa que qualquer um pensaria é que os motivos para ingerir um café da manhã na hora do jantar não têm nada a ver com a saúde... Se o café da manhã é – como nos falaram até ficarmos surdos – a refeição mais importante do dia já que dá energia necessária para começar bem o dia, não parece que ingerir toda essa energia para ir contar carneirinhos seja a melhor opção. Isso não é totalmente certo. Claro, o brinner não oferece benefícios adicionais para a saúde; mas, como em tudo, a dose é a chave... E um café da manhã baseado em bacon e bolos açucarados não é a melhor opção nem de manhã, nem de noite. Por isso, o conselho é o mesmo de sempre: comidas equilibradas e porções ajustadas...