O ACENTO
El acento
Texto no qual or author defends ideias e chega a conclusões is based on its interpretação dos fatos ou dado

O tirano se diverte

Presidente do Zimbábue festeja com um banquete o aniversário de 91 anos

SOLEDAD CALÉS

Robert Mugabe, o mais longevo líder africano, completou no sábado 91 anos e nada faz pensar que esteja pensando em deixar a presidência do Zimbábue. O ditador chegou ao poder em 1980 e lá continua, conduzindo seu país com mão de ferro, ignorando as sistemáticas condenações por violação dos direitos humanos e atropelamento das liberdades.

Alcançou o Governo há 35 anos, após liderar a guerrilha que combatia o apartheid na ex-colônia britânica Rodésia do Sul. Mas sua imagem se deteriorou rapidamente, em especial após a feroz repressão que provocou o massacre de 20.000 pessoas da minoria étnica Ndebele.

Conhecido por seus conterrâneos como O Velho Bob, Mugabe foi se radicalizando e logo abraçou a violência, a corrupção e as fraudes eleitorais. Enquanto isso, a pobreza assolava a maioria da população. De marxista-católico, como se definia, passou a ditador-sanguinário-homofóbico.

A comemoração de seu aniversário serve de exemplo para comprovar até que ponto chega a megalomania do incansável tirano. Sua família e os seguidores do Movimento 21 de Fevereiro – em referência ao dia do nascimento de Mugabe – prepararam uma festa de aniversário de alto nível para o próximo sábado.

Calcula-se que 20.000 pessoas foram convidadas para participar do banquete abundante que será realizado em um campo de golfe perto das Cataratas Victoria, incluindo uma centena de crianças que nasceram no mesmo dia do excêntrico mandatário.

Apesar de o país sofrer os estragos da crise econômica, Mugabe não hesitou em exagerar nos festejos. Para receber os convidados, serão sacrificados dois elefantes, dois búfalos, cinco impalas e dois antílopes negros. Uma comilança imprópria em um país onde 75% da população adulta vive com o equivalente a menos de 654 reais por mês.

Tanto os conservacionistas como a oposição do Zimbábue fizeram duras críticas à festa desmedida. Não falta quem atribua a afeição de Mugabe pelo desperdício à influência negativa de sua esposa –42 anos mais jovem que ele. Como se ele sozinho, com o passado que tem em suas costas, não fosse capaz de estupidez semelhante.

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: