Princesa do Japão

Masako, a princesa triste, sai do palácio

Esposa do herdeiro japonês participa de uma cerimônia oficial pela primeira vez em 11 anos, em honra aos Reis da Holanda

A princesa Masako com seu marido, o príncipe Naruhito.
A princesa Masako com seu marido, o príncipe Naruhito. (REUTERS)

A princesa Masako do Japão participa de seu primeiro banquete imperial em 11 anos. A ocasião é em honra aos reis da Holanda, Guilherme e Máxima, com os quais ela e seu esposo, o príncipe herdeiro Naruhito, mantém uma boa relação de amizade. Sua presença marca um passo a mais no avanço de Masako para superar uma depressão que a afeta há mais de uma década.

A esposa do príncipe herdeiro japonês também participou, na quarta-feira, pela primeira vez em cinco anos, de uma cerimônia de boas-vindas aos soberanos holandeses nos jardins do palácio imperial, presenciada também pelo imperador Akihito, a imperatriz Michiko e Naruhito. As fotos do evento mostram Masako sorridente e vestida com um traje laranja e chapéu combinando, em uma aparente homenagem ao país de seus convidados.

As tarefas oficiais e aparições públicas da princesa, de 50 anos, que renunciou a uma promissora carreira diplomática para se casar em 1993, foram drasticamente reduzidas depois que em 2004, três anos após dar à luz sua filha Aiko, foi diagnosticada com “problemas de ajuste relacionados com o stress”, consequência do esforço para ajustar-se ao rígido protocolo da Casa Imperial japonesa. Desde então vem sendo submetida a constantes tratamentos para conseguir superar sua doença.

Os Reis da Holanda saúdam o príncipe Naruhito e Masako.
Os Reis da Holanda saúdam o príncipe Naruhito e Masako. (REUTERS)

MAIS INFORMAÇÕES

Os mesmos soberanos da Holanda, que se encontram no Japão para uma visita que durará até domingo, tiveram importante papel no processo de recuperação da princesa. As duas cortes mantêm estreitos laços de amizade e os dois casais mantêm uma excelente conexão pessoal, ajudada pelo fato de Aiko e a filha mais velha dos reis holandeses serem quase da mesma idade.

Masako, seu esposo e sua filha visitaram o país europeu para duas semanas de férias, em 2006. A primeira viagem oficial da princesa depois de 11 anos, em 2013, também foi para a Holanda, para participar da cerimônia de coroação do rei Guilherme.

A última vez em que Masako, formada em Economia pela Universidade de Harvard e que fala fluentemente cinco línguas (japonês, russo, inglês, francês e alemão), participou de um banquete imperial antes da presente ocasião foi em 2003, quando da visita de Estado do então presidente mexicano, Vicente Fox, e sua esposa.

A Casa Imperial japonesa divulgou, em dezembro, quando a princesa completou 50 anos, um comunicado no qual Masako mostrava melhoras. “Desde meu aniversário anterior me esforcei para cumprir meus deveres, sejam de trabalho ou pessoais, na medida do possível”, dizia, “gostaria de continuar com os esforços para minha recuperação com a ajuda daqueles que estão ao meu lado”.

Arquivado Em: