governo alckmin

Boca de urna indica reeleição de Alckmin em São Paulo

Pesquisa divulgada pelo Ibope dá 50% dos votos para o candidato do PSDB, apesar da crise hídrica que assola o Estado

Geraldo Alckmin faz campanha no Estado ao lado de Aécio Neves.
Geraldo Alckmin faz campanha no Estado ao lado de Aécio Neves.PAULO WHITAKER (REUTERS)

Mesmo com a crise hídrica que assola São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) já aparece como provável vencedor das eleições no Estado, segundo os primeiras pesquisas de boca de urna divulgados pelo Ibope às 17h deste domingo. Alckmin tem 52% das intenções de voto, com uma margem de erro de dois pontos percentuais para cima e para baixo.

A surpresa dos resultados apresentados foi o crescimento, na reta final da campanha, de Alexandre Padilha (PT), que agora aparece em disputa acirrada com Paulo Skaf (PMDB) pelo segundo lugar da votação. Ambos candidatos aparecem tecnicamente empatados, dentro da margem de erro, com 22% e 20% dos votos paulistas, respectivamente.

Divisão de eleitores por Estado.
Divisão de eleitores por Estado.

Esses dados contrariam a última pesquisa do Ibope, divulgada neste sábado, em que o candidato do PMDB aparecia com dois pontos a mais e o do PT, com seis pontos percentuais menos.

No total, foram consultados 7.300 eleitores de São Paulo, o maior colégio eleitoral do país – e que é tradicionalmente conhecido como um dos Estados de maior rejeição ao PT na federação.

Arquivado Em: