TECNOLOGIA

O último round entre Apple e Samsung acaba empatado

A gigante sul-coreana deverá indenizar a norte-americana em 120 milhões de dólares, quantia distante dos 2,2 bilhões que reivindicava

Um Galaxy Tab da Samsung e um iPad da Apple.
Um Galaxy Tab da Samsung e um iPad da Apple.KIM HONG-JI (REUTERS)

Se a Apple quiser atingir a Samsung como já faz há dois anos na duradoura guerra das patentes, terá de apresentar mais motivos em vista do resultado misto do round vivido nas últimas semanas em um tribunal em San José (Califórnia). Um júri popular acabou dando a razão à companhia em duas das cinco infrações que denunciou, tornando a vitória da fabricante do iPhone e do iPad parcial.

A gigante sul-coreana deverá indenizá-la em cerca de 120 milhões de dólares, uma quantia mínima se comparada com os 2,2 bilhões reivindicados pela norte-americana. Além disso, o júri considerou depois de três dias de deliberações que a Apple violou uma patente da Samsung das duas que denunciou, devendo compensá-la em quase 160.000 dólares, após solicitar seis milhões.

A vitória nesse terceiro grande round, portanto, é considerada mais simbólica para a Apple. Anteriormente já se havia considerado que a Samsung violava outra das cinco patentes em disputa, fazendo com que o total de infrações se eleve para três. O processo começou em 31 de março. Agora o juiz deve fixar a multa final.

O resultado também pode ser considerado uma vitória para a Samsung, que enfrentou o julgamento com uma nova estratégia, ao reclamar sanções financeiras bem mais baixas que as da Apple. Esse caso cobria o telefone Galaxy S3 e o tablet Galaxy Tab 2, produtos que já quase não são vendidos porque são modelos muito antigos. A Samsung acaba de comercializar o Galaxy S5.

Arquivado Em: