Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Espanha detecta nova droga 80 vezes mais potente que maconha tradicional

Polícia Civil adverte sobre a "periculosidade" da substância, que estava sendo traficada para o país

Uma planta de Cannabis.
Uma planta de Cannabis.

A Polícia Civil espanhola detectou a entrada, pelo aeroporto de Alicante-Elche, de uma nova droga sintética derivada da cannabis, pouco conhecida até o momento e cujos efeitos em uma grama são 80 vezes mais potentes que os de uma grama da cannabis tradicional, segundo um comunicado.

A droga entrava na Espanha via aeroporto de Alicante, por meio de remessas de pacotes desde Hong Kong e camuflada em sacos de café. Depois de realizar uma entrega controlada desses pacotes, a Polícia Civil deteve os destinatários do envio: dois homens ingleses, de 36 e 37 anos, e habitantes de El Campello, que já haviam sido presos por um delito contra a saúde pública.

Durante a operação, foi interceptado um total de 12.200 gramas dessa substância que, uma vez processada e distribuída em doses, estima-se que valha 3,5 milhões de euros (11 milhões de reais).

A operação foi iniciada em meados do último mês de março, quando agentes da Polícia Civil do Escritório de Análise e Investigação Fiscal (ODAIFI), do Aeroporto de Alicante-Elche, constataram a presença de envios que, após uma análise de risco, foram considerados suscetíveis de carregarem algum tipo de substância ilícita. Comprovou-se, em colaboração com o Serviço de Alfândega desse aeroporto, que os citados envios procedentes de Hong Kong levavam sacos ocultos e mesclados com outras embalagens que continham doce, todos dentro de sacos de café. Os pacotes iriam para El Campello, mais precisamente para um bar frequentado pela comunidade inglesa da região.

A partir das amostras obtidas da substância, concluiu-se que se tratava de um forte derivado da cannabis, de elaboração sintética e com potentes efeitos para o organismo humano.

Após se constatar o grave perigo que essa substância pode causar, a Autoridade Judicial de Elche autorizou a entrega vigiada dos pacotes para poder ser realizada a prisão dos destinatários dessa nova droga.

Estabeleceu-se uma primeira vigilância nas imediações do bar que seria o destino dos pacotes, resultando na prisão de um homem inglês, de 36 anos, justamente no momento em que se preparava para recebê-los. Dois dias depois, outro cidadão inglês, de 37 anos, foi preso no Aeroporto de Alicante-Elche, enquanto tentava fugir da justiça espanhola.

MAIS INFORMAÇÕES