Museu público conta a vida diária na Alemanha comunista

A nova instituição tem um foco mais político que o outro dedicado à mesma temática em Berlim, que recebe meio milhão de visitantes por ano