A crônica do futebol que encara racismo e xenofobia como piada

Comentaristas esportivos relativizam preconceitos depois de menosprezar atletas negros e estrangeiros