Seleccione Edição
Login
A dançarina Misty Copeland fotografada por Albert Watson para o Calendário Pirelli 2019.
A dançarina Misty Copeland fotografada por Albert Watson para o Calendário Pirelli 2019.

O Calendário Pirelli recupera a sensualidade

12 fotos

O novo almanaque de arte e ensaio da marca italiana leva a assinatura do escocês Albert Watson, retratista mestre da fama dos últimos 40 anos. O calendário é à moda antiga, mas há também o debate social sobre a mesa

  • O modelo Gigi Hadid, fotografada em preto e branco por Albert Watson, interpreta uma mulher separada que pensa no futuro, mas sem tirar a sensação de solidão. A Pirelli quer que 2019 seja o ano dos sonhos: de sucesso e fortuna, de grandeza e projeção, de reconhecimento e glória.
    1O modelo Gigi Hadid, fotografada em preto e branco por Albert Watson, interpreta uma mulher separada que pensa no futuro, mas sem tirar a sensação de solidão. A Pirelli quer que 2019 seja o ano dos sonhos: de sucesso e fortuna, de grandeza e projeção, de reconhecimento e glória.
  • Imersa em seu papel, o modelo Gigi Hadid tem o estilista Alexander Wang como único amigo e confidente. O calendário é à moda antiga, mas há também o debate social sobre a mesa, para ler nas entrelinhas das 40 imagens que compõem a nova edição do seu calendário popular, apresentado oficialmente na tarde da quarta-feira em Milão.
    2Imersa em seu papel, o modelo Gigi Hadid tem o estilista Alexander Wang como único amigo e confidente. O calendário é à moda antiga, mas há também o debate social sobre a mesa, para ler nas entrelinhas das 40 imagens que compõem a nova edição do seu calendário popular, apresentado oficialmente na tarde da quarta-feira em Milão.
  • Na história para o calendário Pirelli, Gigi Hadid encarna o papel de uma mulher de sucesso, mas que não está contente com sua vida. Em seu esforço para ser culturalmente significativa, a marca de pneus mais sensível à arte e à beleza está mais uma vez tomando o pulso do tempo ou, nas palavras de Marco Tronchetti Povera, diretor executivo da empresa italiana, "para capturar as obsessões que definem nossa tempo".
    3Na história para o calendário Pirelli, Gigi Hadid encarna o papel de uma mulher de sucesso, mas que não está contente com sua vida. Em seu esforço para ser culturalmente significativa, a marca de pneus mais sensível à arte e à beleza está mais uma vez tomando o pulso do tempo ou, nas palavras de Marco Tronchetti Povera, diretor executivo da empresa italiana, "para capturar as obsessões que definem nossa tempo".
  • A atriz Julia Garner interpreta uma jovem fotógrafa amante da natureza e da solidão, que fotografa sua amiga, o modelo Astrid Eika, em um enorme jardim tropical. As "obsessões" de que trata o calendário partem da ideia de triunfo, que levou ao calendário de 2016 "mulheres de sucesso", uma mensagem que permanece, mas que vem suavizada neste ano pela sensualidade que retorna.
    4A atriz Julia Garner interpreta uma jovem fotógrafa amante da natureza e da solidão, que fotografa sua amiga, o modelo Astrid Eika, em um enorme jardim tropical. As "obsessões" de que trata o calendário partem da ideia de triunfo, que levou ao calendário de 2016 "mulheres de sucesso", uma mensagem que permanece, mas que vem suavizada neste ano pela sensualidade que retorna.
  • A atriz Julia Garner retratada pelo fotógrafo escocês Albert Watson. "Eu não queria me limitar a retratar uma série de personagens, mas criar uma história complexa, com dimensões diferentes. Eu gostaria que fosse entendido que meu objetivo era a fotografia pura: analisar as mulheres antes da câmera e inventar várias situações que proporia uma visão positiva da feminilidade atual ", explica Watson.
    5A atriz Julia Garner retratada pelo fotógrafo escocês Albert Watson. "Eu não queria me limitar a retratar uma série de personagens, mas criar uma história complexa, com dimensões diferentes. Eu gostaria que fosse entendido que meu objetivo era a fotografia pura: analisar as mulheres antes da câmera e inventar várias situações que proporia uma visão positiva da feminilidade atual ", explica Watson.
  • A atriz Julia Garner, que interpreta uma fotógrafa botânica, posa para Albert Watson no jardim de sua casa em Miami, palco do Calendário Pirelli. O uso inteligente da narrativa cinematográfica permitiu ao veterano fotógrafo escocês (Edimburgo, 1942) estruturar quatro histórias em quatro filmes imaginários contados através do que seriam seus fotogramas -- sobre sonhos, ambições pessoais e os compromissos necessários para alcançá-los.
    6A atriz Julia Garner, que interpreta uma fotógrafa botânica, posa para Albert Watson no jardim de sua casa em Miami, palco do Calendário Pirelli. O uso inteligente da narrativa cinematográfica permitiu ao veterano fotógrafo escocês (Edimburgo, 1942) estruturar quatro histórias em quatro filmes imaginários contados através do que seriam seus fotogramas -- sobre sonhos, ambições pessoais e os compromissos necessários para alcançá-los.
  • A dançarina Misty Copeland (estrela do American Ballet Theatre), que no Calendário Pirelli tem como par o também dançarino Calvin Royal III. A dramática combinação de cores e preto e branco enfatiza as micro-histórias, estrelando as modelos Gigi Hadid e Laetitia Casta e a atriz Julia Garner.
    7A dançarina Misty Copeland (estrela do American Ballet Theatre), que no Calendário Pirelli tem como par o também dançarino Calvin Royal III. A dramática combinação de cores e preto e branco enfatiza as micro-histórias, estrelando as modelos Gigi Hadid e Laetitia Casta e a atriz Julia Garner.
  • No calendário Pirelli a dançarina Misty Copeland vive em Miami em uma casa Artdeco e faz exercícios em uma piscina. A consideração do Calendário Pirelli como um artefato cultural sempre ajudou a desviar a atenção da alegada objetivação de suas modelos. O projeto de Watson, intitulado Dreaming (Sonhando), intensificaria seu escopo artístico. No entanto, a crítica a esse item de colecionador, com que a marca recompensa a lealdade de seus melhores clientes e amigos desde 1964, não se afrouxa: algumas pessoas veem o calendário tão desafinado quanto o desfile da Victoria's Secret, mesmo a despeito de seu discurso social renovado.
    8No calendário Pirelli a dançarina Misty Copeland vive em Miami em uma casa Artdeco e faz exercícios em uma piscina. A consideração do Calendário Pirelli como um artefato cultural sempre ajudou a desviar a atenção da alegada objetivação de suas modelos. O projeto de Watson, intitulado Dreaming (Sonhando), intensificaria seu escopo artístico. No entanto, a crítica a esse item de colecionador, com que a marca recompensa a lealdade de seus melhores clientes e amigos desde 1964, não se afrouxa: algumas pessoas veem o calendário tão desafinado quanto o desfile da Victoria's Secret, mesmo a despeito de seu discurso social renovado.
  • Na imagem, a dançarina Misty Copeland. "Eu não entendo o problema quando as coisas são feitas com respeito", diz sobre a polêmica Sergei Polunin, que entende um pouco de polêmicas -- que o diga seu apoio ao presidente russo Vladimir Putin. "Na verdade, estou um pouco enfadado com a pressão política que se pretende exercer em certos assuntos por meio de produtos como esse", acrescenta o bailarino de origem ucraniana que participa do calendário junto com o estilista Alexander Wang e o dançarino Calvin Royal III.
    9Na imagem, a dançarina Misty Copeland. "Eu não entendo o problema quando as coisas são feitas com respeito", diz sobre a polêmica Sergei Polunin, que entende um pouco de polêmicas -- que o diga seu apoio ao presidente russo Vladimir Putin. "Na verdade, estou um pouco enfadado com a pressão política que se pretende exercer em certos assuntos por meio de produtos como esse", acrescenta o bailarino de origem ucraniana que participa do calendário junto com o estilista Alexander Wang e o dançarino Calvin Royal III.
  • Laetitia Casta encarna uma pintora que vive com seu par, interpretado por Sergei Polunin. Ambos sonham com o sucesso, ela como artista, ele como dançarino.
    10Laetitia Casta encarna uma pintora que vive com seu par, interpretado por Sergei Polunin. Ambos sonham com o sucesso, ela como artista, ele como dançarino.
  • A modelo e atriz Laetitia Casta.
    11A modelo e atriz Laetitia Casta.
  • Laetitia Casta, que interpreta uma artista, posa nua junto a quem encarna a seu par, o dançarino Sergei Polunin.
    12Laetitia Casta, que interpreta uma artista, posa nua junto a quem encarna a seu par, o dançarino Sergei Polunin.