Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

As casas-caixão de Hong Kong

Este é o lado obscuro do 'boom' habitacional na próspera região asiática

Centenas de milhares de pessoas obrigadas a viver em moradias inadequadas

  • Cheung Chi-fong, de 80 anos, dorme em sua pequena ‘casa-caixão’, onde falta espaço para esticar as pernas.
    1Cheung Chi-fong, de 80 anos, dorme em sua pequena ‘casa-caixão’, onde falta espaço para esticar as pernas. AP
  • Cerca de 200.000 dos 7,3 milhões de habitantes de Hong Kong moram em ‘unidades subdivididas’. Significa um aumento de 18% nos últimos quatro anos, segundo o Governo. Na imagem, moradores descansam em sua ‘casa-caixão’.
    2Cerca de 200.000 dos 7,3 milhões de habitantes de Hong Kong moram em ‘unidades subdivididas’. Significa um aumento de 18% nos últimos quatro anos, segundo o Governo. Na imagem, moradores descansam em sua ‘casa-caixão’. AP
  • Enquanto um novo chefe do Executivo se prepara para tomar posse, a falta de moradia continua sendo um dos maiores problemas sociais do centro financeiro asiático. Na imagem, um barraco ilegal na laje de um edifício.
    3Enquanto um novo chefe do Executivo se prepara para tomar posse, a falta de moradia continua sendo um dos maiores problemas sociais do centro financeiro asiático. Na imagem, um barraco ilegal na laje de um edifício. AP
  • Wong Tat-ming em sua casa-caixão, ao lado de um banheiro sujo. Wong paga 310 dólares (quase 1000 reais) por mês por um compartimento que mede 91x182 cm. O cubículo está cheio com seus poucos pertences, que incluem um saco de dormir, um pequeno televisor e um ventilador elétrico.
    4Wong Tat-ming em sua casa-caixão, ao lado de um banheiro sujo. Wong paga 310 dólares (quase 1000 reais) por mês por um compartimento que mede 91x182 cm. O cubículo está cheio com seus poucos pertences, que incluem um saco de dormir, um pequeno televisor e um ventilador elétrico. AP
  • Morador arruma a cama dentro de seu pequeno cubículo.
    5Morador arruma a cama dentro de seu pequeno cubículo. AP
  • Menino de cinco anos brinca do lado de fora de sua pequena casa, feita de concreto e chapas de metal na laje de um prédio de apartamentos. Mora em um barraco ilegal no topo do edifício, ao lado de um conjunto habitacional público.
    6Menino de cinco anos brinca do lado de fora de sua pequena casa, feita de concreto e chapas de metal na laje de um prédio de apartamentos. Mora em um barraco ilegal no topo do edifício, ao lado de um conjunto habitacional público. AP
  • Uma criança de cinco anos joga fora de sua pequena casa, feita de concreto e metal corrugado, na esplanada de um bloco de apartamentos. Vive em uma choça ilegal no telhado, ao lado de uma urbanização pública, que se vê ao fundo.
    7Uma criança de cinco anos joga fora de sua pequena casa, feita de concreto e metal corrugado, na esplanada de um bloco de apartamentos. Vive em uma choça ilegal no telhado, ao lado de uma urbanização pública, que se vê ao fundo. AP
  • Os moradores Lam, acima à esquerda, Wan, acima à direita, e Kitty Au posam em suas casas-caixão.
    8Os moradores Lam, acima à esquerda, Wan, acima à direita, e Kitty Au posam em suas casas-caixão. AP
  • Simon Wong, desempregado, vê televisão dentro de seu cubículo.
    9Simon Wong, desempregado, vê televisão dentro de seu cubículo. AP
  • Li Suet-wen mora com os filhos num quarto de 36 metros quadrados, mobiliado com um beliche, um sofá pequeno, uma geladeira, uma máquina de lavar e uma pequena mesa em um edifício velho e sem elevador. Paga 580 dólares por mês em aluguel e serviços públicos, quase metade do que ganha trabalhando em uma confeitaria.
    10Li Suet-wen mora com os filhos num quarto de 36 metros quadrados, mobiliado com um beliche, um sofá pequeno, uma geladeira, uma máquina de lavar e uma pequena mesa em um edifício velho e sem elevador. Paga 580 dólares por mês em aluguel e serviços públicos, quase metade do que ganha trabalhando em uma confeitaria. AP
  • Morador janta no interior de sua casa-caixão.
    11Morador janta no interior de sua casa-caixão. AP
  • Homem no exterior de seu barraco ilegal construído numa laje, perto de um conjunto habitacional.
    12Homem no exterior de seu barraco ilegal construído numa laje, perto de um conjunto habitacional. AP
  • Tse Chu, um garçom aposentado, dorme em seu cubículo.
    13Tse Chu, um garçom aposentado, dorme em seu cubículo. AP
  • Homem caminha na frente de um edifício residencial e comercial onde se localizam casas-caixão em Hong Kong.
    14Homem caminha na frente de um edifício residencial e comercial onde se localizam casas-caixão em Hong Kong. AP