Seleccione Edição
Login

Do Brasil à Argélia: imagens de dez superluas ao redor do mundo

Mostramos em um vídeo como se observou de 10 países o fenômeno astronômico

A melhor visibilidade foi do oceano Atlântico

Peter Komba (EFE) Reuters - Live

A maior superlua – ou sua máxima aproximação da Terra – deste ano gerou grande expectativa em todo mundo. Do Brasil à Argélia passando pela Alemanha, o fenômeno coincidiu com um eclipse lunar, feito que não voltará a acontecer até 2033. O eclipse produziu-se com a Lua 14% maior em aparência e 30% mais brilhante e foi visível da Europa Ocidental, da América do Sul e da costa leste da América do Norte, com o máximo de visibilidade no Oceano Atlântico.

 

MAIS INFORMAÇÕES