Seleccione Edição
Login

‘Newsweek’ afirma ter descoberto o criador do bitcoin

Satoshi Nakamoto, de 64 anos de idade, vive na Califórnia e se dedica a criar locomotivas em miniatura, segundo a revista

‘Newsweek’ afirma ter descoberto o criador do bitcoin

A revista Newsweek afirma ter descoberto o fundador da moeda virtual bitcoin.

Segundo a revista, o cidadão de 64 anos de idade reside na Califórnia, sofre de um câncer de próstata e se dedica a modelar locomotivas a vapor em sua casa. E se chama realmente Satoshi Nakamoto.

A revista diz que em 1973 ele mudou de nome para Dorian Prentice Satoshi Nakamoto, embora assine atualmente como Dorian S. Nakamoto. No artigo, a autora da reportagem, McGrath Goodman, explica que esteve trocando e-mails com ele sobre seu gosto por desenhos de locomotivas em miniatura, mas que de repende Nakamoto cortou a comunicação.

A investigação levou dois meses, mas finalmente localizou Nakamoto em sua residência de San Bernardino, nas colinas de Los Angeles. A jornalista esteve pessoalmente em sua casa, mas ele chamou imediatamente a polícia.

Nakamoto.
Nakamoto.

Nakamoto estudou engenharia na universidade politécnica de Pomoma (Califórnia), é o maior de três irmãos, vive modestamente apesar de se considerar que ele tem 400 milhões de dólares em bitcoins, e conduz um Toyota Corolla ou pelo menos este é o veículo estacionado em sua casa. Tem seis filhos.

O BitCoin Forum deu nenhuma credibilidade a esta informação, mas, por outro lado, a furiosa reação da comunidade contribuiu com credibilidade da informação. Além disso, o informático Gavin Andrese, que colaborou no início da moeda, recusou a publicação da vida de Nakamoto e reconhece que não quis colaborar com a reportagem da Newsweek.

Satoshi Nakamoto é o nome da pessoa ou do grupo de pessoas que há cinco anos criou a moeda virtual bitcoin, a mais popular na internet, com uma capitalização de mais de 11 bilhões de dólares atualmente.

Depois de criar todo o processo informático da moeda, cujo principal obstáculo é garantir que uma mesma moeda virtual não seja usada duas vezes,o rastro de seus fundadores desapareceu. O Nakamoto descoberto pela repórter não pronuncia uma só palavra na longa reportagem, além de afirmar que nada tem a ver com o bitcoin.

‘Newsweek’ afirma ter descoberto o criador do bitcoin

Se for confirmado que esta pessoa é a criadora do bitcoin, como residente e cidadão dos Estados Unidos ele poderia enfrentar as maiores acusações penais, castigadas com prisão perpétua por ter posto em perigo as instituições do país (o dólar). No outro lado da moeda virtual, nada mudaria, pois o bitcoin é alheio a qualquer autoridade, inclusive à de seu criador, e a qualquer mecanismo de regulação oficial.

Com esta informação, a Newsweek voltou às bancas de jornais pela primeira vez desde 2012. A revista, agora propriedade da IBT Media, lançou uma edição em papel com uma tiragem de 70.000 exemplares, longe de seus dias gloriosos, quando vendia 3,3 milhões de exemplares. O plano é cobrar por cada edição na banca 7,99 euros ou uma assinatura anual para o papel e o site por 150 dólares.

A revista retirou de seu site a fotografia da casa de Nakamoto por temer que isso provoque uma denúncia por intromissão na intimidade das pessoas.