Crise em Bolívia

Queima de bandeiras indígenas alimenta fratura da Bolívia depois da renúncia de Evo Morales

A 'wiphala', consagrada como símbolo oficial do país durante o primeiro mandato do ex-presidente, foi queimada nas ruas por setores minoritários e radicalizados da oposição