Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

PSDB e PT se dividem nos Estados

Partido de Aécio elegeu cinco governadores, o mesmo que a legenda de Dilma

PMDB, partido do vice-presidente reeleito, ficou com sete Estados

Camilo Santana, eleito pelo PT no Ceará.
Camilo Santana, eleito pelo PT no Ceará. Agência Brasil

O partido de Aécio Neves, derrotado nas eleições presidenciais deste domingo, conseguiu eleger cinco governadores no total, o mesmo que a legenda da presidenta reeleita, Dilma Rousseff. Os dois partidos ficaram atrás apenas do PMDB, partido do vice-presidente reeleito Michel Temer, que garantiu sete Estados no total, dois neste segundo turno, incluindo o Rio de Janeiro, que elegeu Luiz Fernando Pezão, com 55,78% dos votos.

Neste domingo, quando 13 dos Estados e o Distrito Federal decidiram seus governantes em segundo turno, o PSDB teve Marconi Perillo eleito em Goiás, com 57% dos votos, Reinaldo Azambuja, no Mato Grosso do Sul, com 55% e Simão Jatene, no Pará, com 52%.

Já o PT, neste segundo turno, garantiu o Ceará, com Camilo Santana, e o Acre, com Tião Viana. No primeiro turno, o partido da presidenta reeleita Dilma Rousseff havia vencido em três Estados: Minas Gerais, terra de Neves, Piauí e Bahia. Leia abaixo a lista dos governadores eleitos.

Os Governadores eleitos

  • Acre

Tião Viana (PT) - 51,29% (segundo turno)

  • Alagoas

Renan Filho (PMDB) - 52,16% (primeiro turno)

  • Amapá

Waldez Góes (PDT) - 60,58% (segundo turno)

  • Amazonas

José Melo (Pros) - 55,55% (segundo turno)

  • Bahia

Rui Costa (PT) - 54,53% (primeiro turno)

  • Ceará

Camilo Santana (PT) - 53,35% (segundo turno)

  • Distrito Federal

Rodrigo Rollemberg (PSB) - 55,56% (segundo turno)

  • Espírito Santo

Paulo Hartung (PMDB) - 53,44% (primeiro turno)

  • Goiás

Marconi Perillo (PSDB) - 57,44% (segundo turno)

  • Maranhão

Flávio  Dino (PC do B) - 63,52% (primeiro turno)

  • Mato Grosso

Pedro Taques (PDT) - 57,25% (primeiro turno)

  • Mato Grosso do Sul

Reinaldo Azambuja (PSDB) - 55,34% (segundo turno)

  • Minas Gerais

Fernando Pimentel (PT) - 52,98% (segundo turno)

  • Pará

Simão Jatene (PSDB) - 51,92% (segundo turno)

  • Paraná

Beto Richa (PSDB) - 55,67% (primeiro turno)

  • Paraíba

Ricardo Coutinho (PSB) - 52,61% (segundo turno)

  • Pernambuco

Paulo Câmara (PSB) - 68,08% (primeiro turno)

  • Piauí

Wellington Dias (PT) - 63,08% (primeiro turno)

  • Rio de Janeiro

Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 55,78% (segundo turno)

  • Rio Grande do Norte

Robinson Faria (PSD) - 54,42% (segundo turno)

  • Rio Grande do Sul

José Ivo Sartori (PMDB) - 61,21% (segundo turno)

  • Rondônia

Confuncio Moura (PMDB) - 53,43% (segundo turno)

  • Roraima

Suely Campos (PP) - 54,85% (segundo turno)

  • São Paulo

Geraldo Alckmin (PSDB) - 57,31% (primeiro turno)

  • Santa Catarina

Raimundo Colombo (PSD) - 51,36% (primeiro turno)

  • Sergipe

Jackson Barreto (PMDB) - 53,52% (primeiro turno)

  • Tocantins

Marcelo Miranda (PMDB) - 51,30% (primeiro turno)