Frederick Forsyth reconhece que trabalhou como espião para o MI6

Escritor britânico afirma que esteve sob as ordens do serviço de inteligência por 20 anos

“Terrorismo? Na guerra deve-se matar o inimigo: legítima defesa”

O fundamentalismo islâmico está no centro de 'A Lista', novo romance de Frederick Forsyth “Espiões, terroristas, mercenários... esse mundo continua o mesmo”