Movimento expõe empresas do Brasil que financiam, via anúncios, sites de extrema direita e notícias falsas

Inspirada em modelo dos EUA, versão brasileira da conta Sleeping Giants alerta companhias sobre publicidade em páginas que ajudam a propagar a desinformação. Telecine e Dell retiram propaganda