Duas novas mortes de negros pela polícia reacendem os protestos nos Estados Unidos

Obama: “Todos nós norte-americanos devemos ficar profundamente preocupados”