Seleccione Edição
Login

Os protagonistas da Copa América

Apesar de algumas ausências, a Copa América estará repleta de caras conhecidas nas grandes ligas europeias. Esta é uma seleção

  • O Uruguai, país com mais títulos de campeão, 15, chega com a intenção de defender o título obtido em 2011. Devido à ausência de Luis Suárez pela mordida dada em Chiellini no último Mundial, o atacante do PSG Edinson Cavani será um dos protagonistas na ofensiva da seleção sul-americana.
    1O Uruguai, país com mais títulos de campeão, 15, chega com a intenção de defender o título obtido em 2011. Devido à ausência de Luis Suárez pela mordida dada em Chiellini no último Mundial, o atacante do PSG Edinson Cavani será um dos protagonistas na ofensiva da seleção sul-americana. AFP
  • Na imagem, entre Jorge Fucille e Matías Corujo, um conhecido da Liga BBVA, Christian Stuani, do Espanyol, que será uma das estrelas do ataque uruguaio devido à ausência de Luis Suárez.
    2Na imagem, entre Jorge Fucille e Matías Corujo, um conhecido da Liga BBVA, Christian Stuani, do Espanyol, que será uma das estrelas do ataque uruguaio devido à ausência de Luis Suárez. Reuters
  • Godín, que joga sob o comando de Simeone no Atlético de Madrid, será um dos pilares da defesa do conjunto uruguaio. Na imagem, festeja o gol que fez contra a Itália na Copa do Brasil 2014.
    3Godín, que joga sob o comando de Simeone no Atlético de Madrid, será um dos pilares da defesa do conjunto uruguaio. Na imagem, festeja o gol que fez contra a Itália na Copa do Brasil 2014. Reuters
  • O Brasil, com oito títulos, sempre é um dos favoritos do torneio. Uma de suas estrelas é Neymar, do Barcelona (na foto, durante o Mundial de 2014). O atacante espera ter mais sorte que no ano passado, quando fraturou a vértebra por uma joelhada do colombiano Zúñiga e ficou fora da Copa.
    4O Brasil, com oito títulos, sempre é um dos favoritos do torneio. Uma de suas estrelas é Neymar, do Barcelona (na foto, durante o Mundial de 2014). O atacante espera ter mais sorte que no ano passado, quando fraturou a vértebra por uma joelhada do colombiano Zúñiga e ficou fora da Copa. EFE
  • Thiago Silva, que na foto aparece num treino recente do Brasil, acaba de ganhar a Liga, a Copa e a Copa da Liga francesas com o PSG. O capitão da Seleção Canarinho é uma fortaleza defensiva essencial para o seu time.
    5Thiago Silva, que na foto aparece num treino recente do Brasil, acaba de ganhar a Liga, a Copa e a Copa da Liga francesas com o PSG. O capitão da Seleção Canarinho é uma fortaleza defensiva essencial para o seu time. AFP
  • Casemiro participará da Copa América após saber que o Madrid pagou 7 milhões de euros (cerca de 24 milhões de reais) para que retorne ao seu plantel, depois do ano positivo no Porto de Julen Lopetegui.
    6Casemiro participará da Copa América após saber que o Madrid pagou 7 milhões de euros (cerca de 24 milhões de reais) para que retorne ao seu plantel, depois do ano positivo no Porto de Julen Lopetegui. EFE
  • A Argentina é, depois do Uruguai, a equipe com mais coroas sul-americanas: 14. A grande figura da seleção é o capitão Lionel Messi, que continua sem conquistar nenhum grande triunfo com a sua equipe nacional embora tenha ganhado praticamente tudo com o Barcelona. Na foto, no Brasil 2014.
    7A Argentina é, depois do Uruguai, a equipe com mais coroas sul-americanas: 14. A grande figura da seleção é o capitão Lionel Messi, que continua sem conquistar nenhum grande triunfo com a sua equipe nacional embora tenha ganhado praticamente tudo com o Barcelona. Na foto, no Brasil 2014. AFP
  • Outro expoente ofensivo da albiceleste é Sergio Aguero. El Kun fez uma boa temporada no Manchester City, ainda que sua equipe não tenha conquistado nenhum título. O atacante ainda deve um bom desempenho com sua seleção em um grande campeonato.
    8Outro expoente ofensivo da albiceleste é Sergio Aguero. El Kun fez uma boa temporada no Manchester City, ainda que sua equipe não tenha conquistado nenhum título. O atacante ainda deve um bom desempenho com sua seleção em um grande campeonato. REUTERS
  • Ángel Di María, que decepcionou na primeira temporada no Manchester United (que pagou por ele 75 milhões de euros, cerca de 25 milhões de reais) após sua passagem bem-sucedida pelo Madrid, tentará compensar essa falha com o troféu sul-americano. Na imagem, no Mundial Brasil 2014.
    9Ángel Di María, que decepcionou na primeira temporada no Manchester United (que pagou por ele 75 milhões de euros, cerca de 25 milhões de reais) após sua passagem bem-sucedida pelo Madrid, tentará compensar essa falha com o troféu sul-americano. Na imagem, no Mundial Brasil 2014. EFE
  • A Colômbia, que conseguiu formar um bloco compacto e de alto nível, chega brigando pelo título. James Rodríguez, com seus 23 anos e após o impressionante Mundial que jogou em 2014 (na foto, no duelo contra o Uruguai) e seu primeiro grande ano no Real Madrid, transformou-se num dos ídolos de seu país.
    10A Colômbia, que conseguiu formar um bloco compacto e de alto nível, chega brigando pelo título. James Rodríguez, com seus 23 anos e após o impressionante Mundial que jogou em 2014 (na foto, no duelo contra o Uruguai) e seu primeiro grande ano no Real Madrid, transformou-se num dos ídolos de seu país. Getty
  • Radamel Falcao quer compensar a ausência na última Copa devido a uma contusão e uma temporada repleta de dissabores no United. Na imagem, marcando de cabeça num jogo da Colômbia com o Kuwait em março de 2015.
    11Radamel Falcao quer compensar a ausência na última Copa devido a uma contusão e uma temporada repleta de dissabores no United. Na imagem, marcando de cabeça num jogo da Colômbia com o Kuwait em março de 2015. EFE
  • O atacante peruano Claudio Pizarro (36 anos) é o máximo goleador estrangeiro da história da Bundesliga, 176 gols. É, junto com Paolo Guerrero, uma das principais figuras da seleção do Peru, que ficou em terceiro na Copa América de 2011.
    12O atacante peruano Claudio Pizarro (36 anos) é o máximo goleador estrangeiro da história da Bundesliga, 176 gols. É, junto com Paolo Guerrero, uma das principais figuras da seleção do Peru, que ficou em terceiro na Copa América de 2011. EFE
  • Outro veterano, também de 36 anos, que disputará o torneio no Chile é o mexicano Rafael Márquez. Ele jogou no Barcelona e no AS Mônaco e encara a reta final de sua carreira no Hellas Verona italiano. A seleção mexicana decidiu reservar muitos de seus melhores jogadores, como Javier Chicharito Hernández, Giovanni Dos Santos, Carlos Vela e Héctor Herrera, para chegar em melhores condições à Copa Ouro da América Central.
    13Outro veterano, também de 36 anos, que disputará o torneio no Chile é o mexicano Rafael Márquez. Ele jogou no Barcelona e no AS Mônaco e encara a reta final de sua carreira no Hellas Verona italiano. A seleção mexicana decidiu reservar muitos de seus melhores jogadores, como Javier Chicharito Hernández, Giovanni Dos Santos, Carlos Vela e Héctor Herrera, para chegar em melhores condições à Copa Ouro da América Central. AFP
  • Claudio Bravo, que foi troféu Zamora da 20142015 mas disputa o posto de goleiro titular do Barcelona com o alemão Ter Stegen, tem o seu lugar garantido na seleção chilena. Na imagem, após a partida contra a Holanda na Copa do Brasil.
    14Claudio Bravo, que foi troféu Zamora da 2014/2015 mas disputa o posto de goleiro titular do Barcelona com o alemão Ter Stegen, tem o seu lugar garantido na seleção chilena. Na imagem, após a partida contra a Holanda na Copa do Brasil. Getty
  • Outro chileno que joga numa equipe ‘top’ europeia é o meia Vidal, da Juventus. Na imagem, marcando Marcelo num amistoso contra o Brasil em Londres, em março passado.
    15Outro chileno que joga numa equipe ‘top’ europeia é o meia Vidal, da Juventus. Na imagem, marcando Marcelo num amistoso contra o Brasil em Londres, em março passado. Reuters
  • Alexis Sanchez, atualmente no Arsenal. Na foto, deixando na saudade o goleiro inglês Forster ante o olhar de Smalling, em novembro de 2013. A seleção chilena ganhou por 2-0, com dois gols do atacante.
    16Alexis Sanchez, atualmente no Arsenal. Na foto, deixando na saudade o goleiro inglês Forster ante o olhar de Smalling, em novembro de 2013. A seleção chilena ganhou por 2-0, com dois gols do atacante. AP
  • 17