Seleccione Edição
Login

Povoados mais bonitos da Espanha

Locais históricos se unem em uma associação para atrair turismo

  • Dona do título de cidade (ainda que a menor da Espanha, com 265 habitantes), se localiza sobre a colina de La Muele, às margens do rio Ebro, formando uma silhueta peculiar marcada pelo pico Humión. Entre o castelo dos Velasco e a igreja de San Vicente Mártir se amontoam as casas, penduradas na rocha, desafiando as leis da gravidade (www.ciudaddefrias.es). Pertence à Associação dos Povoados Mais Bonitos da Espanha, com 44 membros, que solicitaram pertencer a este clube e que se submetem a um filtro de qualidade. A associação inclui povoados muito diferentes, de menos de 15.000 habitantes, que valem a pena conhecer, ainda que fiquem faltando na lista muitos outros cujos encantos superam alguns dos incluídos. A associação conta com o apoio de Marca España e Tourespaña (o organismo oficial de marketing turístico).
    1Dona do título de cidade (ainda que a menor da Espanha, com 265 habitantes), se localiza sobre a colina de La Muele, às margens do rio Ebro, formando uma silhueta peculiar marcada pelo pico Humión. Entre o castelo dos Velasco e a igreja de San Vicente Mártir se amontoam as casas, penduradas na rocha, desafiando as leis da gravidade (www.ciudaddefrias.es). Pertence à Associação dos Povoados Mais Bonitos da Espanha, com 44 membros, que solicitaram pertencer a este clube e que se submetem a um filtro de qualidade. A associação inclui povoados muito diferentes, de menos de 15.000 habitantes, que valem a pena conhecer, ainda que fiquem faltando na lista muitos outros cujos encantos superam alguns dos incluídos. A associação conta com o apoio de Marca España e Tourespaña (o organismo oficial de marketing turístico).
  • Cidade medieval que avança pelo mar, com um formigueiro de ruas ao redor de seu castelo templário, o castelo do Papa Luna, que se destaca na rocha sobre a qual a cidade histórica se assenta. A localidade foi uma das primeiras a impulsionar a Associação dos Povoados Mais Bonitos da Espanha em 2011, lançada oficialmente em 2013 com Peñíscola e outros 13 povoados (www.lospueblosmasbonitosdeespana.org). A associação pertence à rede dos Povoados Mais Bonitos do Mundo, uma federação internacional que nasceu em 2012 na França.
    2Cidade medieval que avança pelo mar, com um formigueiro de ruas ao redor de seu castelo templário, o castelo do Papa Luna, que se destaca na rocha sobre a qual a cidade histórica se assenta. A localidade foi uma das primeiras a impulsionar a Associação dos Povoados Mais Bonitos da Espanha em 2011, lançada oficialmente em 2013 com Peñíscola e outros 13 povoados (www.lospueblosmasbonitosdeespana.org). A associação pertence à rede dos Povoados Mais Bonitos do Mundo, uma federação internacional que nasceu em 2012 na França. Getty Images
  • Ruas íngremes e estreitas, e uma arquitetura muito peculiar que se adapta ao solo, com madeira e arenito, com relevos irregulares. Igrejas e edifícios religiosos, nobres e também populares, como a Casa de Julianeta. Albarracín foi proposta pela Unesco para ser declarada patrimônio mundial pela beleza e importância de seu patrimônio histórico. www.albarracin.es
    3Ruas íngremes e estreitas, e uma arquitetura muito peculiar que se adapta ao solo, com madeira e arenito, com relevos irregulares. Igrejas e edifícios religiosos, nobres e também populares, como a Casa de Julianeta. Albarracín foi proposta pela Unesco para ser declarada patrimônio mundial pela beleza e importância de seu patrimônio histórico. www.albarracin.es iStock
  • Casarios brancos, com muitas praças e esquinas, e as montanhas cheias de oliveiras como cenário. Zuheros, conjunto artístico e histórico desde 2003 e incorporado à Associação dos Povoados Mais Bonitos da Espanha este ano, com o seu castelo e sua caverna dos Morcegos, atua como fronteira natural entre o parque natural da serra Subbética e a campina de Córdoba (www.zuheros.es). Para pertencer à associação, a administração local tem de aplicar e, uma vez aprovado pelo plenário, o povoado tem de ser auditado de acordo com critérios de conservação do patrimônio e cuidado das fachadas e detalhes arquitetônicos, respeito às tradições locais de construção, controle de tráfego, limpeza e ocultação de cabos e presença de flores e áreas verdes, entre outros aspectos.
    4Casarios brancos, com muitas praças e esquinas, e as montanhas cheias de oliveiras como cenário. Zuheros, conjunto artístico e histórico desde 2003 e incorporado à Associação dos Povoados Mais Bonitos da Espanha este ano, com o seu castelo e sua caverna dos Morcegos, atua como fronteira natural entre o parque natural da serra Subbética e a campina de Córdoba (www.zuheros.es). Para pertencer à associação, a administração local tem de aplicar e, uma vez aprovado pelo plenário, o povoado tem de ser auditado de acordo com critérios de conservação do patrimônio e cuidado das fachadas e detalhes arquitetônicos, respeito às tradições locais de construção, controle de tráfego, limpeza e ocultação de cabos e presença de flores e áreas verdes, entre outros aspectos.
  • Na superfície, um urbanismo típico de enclave medieval, com três ruas que o atravessam de norte a sul ligadas por vielas e praças, voltado para os pedestres e cercado por um muro. O subsolo é como um queijo Gruyère, perfurado por cavernas e adegas de famílias. Novo na lista da associação dos povoados mais bonitos da Espanha, Laguardia desempenha um papel importante na região da Rioja Alavesa. Na foto, o portal policromado da igreja gótica de Santa María de los Reyes. www.laguardia-alava.com
    5Na superfície, um urbanismo típico de enclave medieval, com três ruas que o atravessam de norte a sul ligadas por vielas e praças, voltado para os pedestres e cercado por um muro. O subsolo é como um queijo Gruyère, perfurado por cavernas e adegas de famílias. Novo na lista da associação dos povoados mais bonitos da Espanha, Laguardia desempenha um papel importante na região da Rioja Alavesa. Na foto, o portal policromado da igreja gótica de Santa María de los Reyes. www.laguardia-alava.com
  • O Matarraña divide Valderrobres em duas áreas bem diferenciadas: o arredor da ponte, ao sul do rio, e a cidade histórica, ao norte, onde se entra por uma ponte gótica. Com a igreja paroquial de Santa María la Mayor e o castelo do Arcebispo, que formam um conjunto de estilo gótico (antigamente ambos os edifícios eram conectados); ou a Casa Consistorial, de estilo maneirista. www.valderrobres.es
    6O Matarraña divide Valderrobres em duas áreas bem diferenciadas: o arredor da ponte, ao sul do rio, e a cidade histórica, ao norte, onde se entra por uma ponte gótica. Com a igreja paroquial de Santa María la Mayor e o castelo do Arcebispo, que formam um conjunto de estilo gótico (antigamente ambos os edifícios eram conectados); ou a Casa Consistorial, de estilo maneirista. www.valderrobres.es Getty Images
  • Entre as casas de Ansó foram deixadas passagens estreitas chamados arteas, que constituem uma particularidade da arquitetura –construída com pedra, madeira e telha– deste povoado que faz fronteira com a França e Navarra, com uma das áreas urbanas melhor preservadas dos Pirineus Aragoneses. Também possui uma das roupas tradicionais mais bonitas e variadas da Espanha. www.anso.es
    7Entre as casas de Ansó foram deixadas passagens estreitas chamados arteas, que constituem uma particularidade da arquitetura –construída com pedra, madeira e telha– deste povoado que faz fronteira com a França e Navarra, com uma das áreas urbanas melhor preservadas dos Pirineus Aragoneses. Também possui uma das roupas tradicionais mais bonitas e variadas da Espanha. www.anso.es Getty Images
  • A praia de El Palmar, a dez quilômetros, pertence ao município de Vejer de la Frontera, povoado declarado conjunto histórico artístico em 1976 e ganhador do I Prêmio Nacional de Embelezamento de Povoados em 1978. Com sua área murada, a Igreja do Divino Salvador, o castelo, os pátios, os moinhos de vento e o Museu de Costumes e Tradições. Não se pode perder a obra de James Turrell Second Wind, pertencente à imperdível coleção da Fundação NMAC Montenmedio Arte Contemporâneo. ww.turismovejer.es
    8A praia de El Palmar, a dez quilômetros, pertence ao município de Vejer de la Frontera, povoado declarado conjunto histórico artístico em 1976 e ganhador do I Prêmio Nacional de Embelezamento de Povoados em 1978. Com sua área murada, a Igreja do Divino Salvador, o castelo, os pátios, os moinhos de vento e o Museu de Costumes e Tradições. Não se pode perder a obra de James Turrell Second Wind, pertencente à imperdível coleção da Fundação NMAC Montenmedio Arte Contemporâneo. ww.turismovejer.es Corbis
  • Importante complexo urbano de interesse cultural, bem como reconhecido valor histórico, urbanístico, arquitetônico e do patrimônio, e agora também um dos povoados mais belos da Espanha. Enclave defensivo muçulmano e território cristão a partir de 1232, seu recinto murado se diferencia de seus arredores, que foram crescendo em torno da igreja de San Martín (na foto). Povoado repleto de igrejas, conventos e palácios de conquistadores. www.turismotrujillo.com
    9Importante complexo urbano de interesse cultural, bem como reconhecido valor histórico, urbanístico, arquitetônico e do patrimônio, e agora também um dos povoados mais belos da Espanha. Enclave defensivo muçulmano e território cristão a partir de 1232, seu recinto murado se diferencia de seus arredores, que foram crescendo em torno da igreja de San Martín (na foto). Povoado repleto de igrejas, conventos e palácios de conquistadores. www.turismotrujillo.com
  • A Prefeitura, a antiga prisão, igrejas romanas, museus, o teatro. E a Plaza Mayor (na foto), o centro nervoso de Sepúlveda, recentemente incorporada à rede dos mais belos povoados da Espanha. Está localizado fora dos muros, e com isso se pode admirar o castelo. E também entrar pelos dois caminhos que se abrem em ambos os lados: a rua Lope Tablada e uma escadaria que culmina em uma cruz renascentista. www.turismosepulveda.es
    10A Prefeitura, a antiga prisão, igrejas romanas, museus, o teatro. E a Plaza Mayor (na foto), o centro nervoso de Sepúlveda, recentemente incorporada à rede dos mais belos povoados da Espanha. Está localizado fora dos muros, e com isso se pode admirar o castelo. E também entrar pelos dois caminhos que se abrem em ambos os lados: a rua Lope Tablada e uma escadaria que culmina em uma cruz renascentista. www.turismosepulveda.es Getty Images
  • A Ordem de Calatrava colocou Almagro no mapa quando seus mestres escolheram o local como lugar de residência e centro de operações, no século XIII. São famosos sua praça Mayor (na foto) e seu teatro de comédias, do XVII, o único da época que se conserva íntegro. Casas imponentes, palácios, conventos e igrejas completam seu patrimônio de monumentos. www.ciudad-almagro.com
    11A Ordem de Calatrava colocou Almagro no mapa quando seus mestres escolheram o local como lugar de residência e centro de operações, no século XIII. São famosos sua praça Mayor (na foto) e seu teatro de comédias, do XVII, o único da época que se conserva íntegro. Casas imponentes, palácios, conventos e igrejas completam seu patrimônio de monumentos. www.ciudad-almagro.com
  • Sua história como praça forte e vila fronteiriça entre os reinos de Navarra e Aragão deixou vestígios como o castelo fortificado e o bairro judaico medieval (o atual bairro alto). A Casa de la Villa (século XVI), igrejas, monastérios e um mercado se somam ao patrimônio de Sos del Rey Católico, que este ano entra na lista dos povoados mais bonitos da Espanha. Em 1452 aqui nasceu Fernando II de Aragão, o rei católico que se casou com Isabel de Castela. Em suas ruas Luis García Berlanga filmou La Vaquila. www.sosdelreycatolico.com
    12Sua história como praça forte e vila fronteiriça entre os reinos de Navarra e Aragão deixou vestígios como o castelo fortificado e o bairro judaico medieval (o atual bairro alto). A Casa de la Villa (século XVI), igrejas, monastérios e um mercado se somam ao patrimônio de Sos del Rey Católico, que este ano entra na lista dos povoados mais bonitos da Espanha. Em 1452 aqui nasceu Fernando II de Aragão, o rei católico que se casou com Isabel de Castela. Em suas ruas Luis García Berlanga filmou La Vaquila. www.sosdelreycatolico.com Agefotostock
  • Conjunto histórico artístico desde 1974, dividido em dois bairros. O do castelo (na foto), protegido por uma muralha e com toque medieval, está localizado no alto de uma montanha que domina um amplo vale flanqueado por várias serras. O do Arrabal, que foi se formando depois, se estende pela base do morro. www.guadalest.es
    13Conjunto histórico artístico desde 1974, dividido em dois bairros. O do castelo (na foto), protegido por uma muralha e com toque medieval, está localizado no alto de uma montanha que domina um amplo vale flanqueado por várias serras. O do Arrabal, que foi se formando depois, se estende pela base do morro. www.guadalest.es
  • Um amálgama de casas brancas arredondadas, como uma improvável mancha de neve, no sopé da serra de Cabrera, descobre o visitante, ao se aproximar, seu labirinto de ruas estreitas, cúpulas, arcos, gerânios pendurados em paredes e igrejas. Duas coisas para visitar: o mirante do castelo e sua fonte de 12 canos. O mar sempre está no horizonte. www.mojacar.es
    14Um amálgama de casas brancas arredondadas, como uma improvável mancha de neve, no sopé da serra de Cabrera, descobre o visitante, ao se aproximar, seu labirinto de ruas estreitas, cúpulas, arcos, gerânios pendurados em paredes e igrejas. Duas coisas para visitar: o mirante do castelo e sua fonte de 12 canos. O mar sempre está no horizonte. www.mojacar.es Agefotostock
  • Romanos, bárbaros, muçulmanos, a reconquista católica, a Guerra da Independência... A rica e agitada história de Ciudad Rodrigo, novo na lista dos povoados mais bonitos da Espanha, se traduz em uma boa mostra de edifícios religiosos, civis (o Hospital da Paixão é um dos mais antigos do mundo que continua prestando serviço) e militares, como o castelo, transformado em pousada. www.turismociudadrodrigo.com
    15Romanos, bárbaros, muçulmanos, a reconquista católica, a Guerra da Independência... A rica e agitada história de Ciudad Rodrigo, novo na lista dos povoados mais bonitos da Espanha, se traduz em uma boa mostra de edifícios religiosos, civis (o Hospital da Paixão é um dos mais antigos do mundo que continua prestando serviço) e militares, como o castelo, transformado em pousada. www.turismociudadrodrigo.com iStock
  • O Barribarto de Frigiliana, como chamam os moradores desse povoado, é considerado um dos mais bem conversados locais históricos de origem árabe da Espanha. Ganhador do I Prêmio Nacional de Embelezamento em 1982 e conjunto histórico artístico desde 2014, suas ruas estreitas e sinuosas são repletas de escadarias. ww.turismofrigiliana.es
    16O Barribarto de Frigiliana, como chamam os moradores desse povoado, é considerado um dos mais bem conversados locais históricos de origem árabe da Espanha. Ganhador do I Prêmio Nacional de Embelezamento em 1982 e conjunto histórico artístico desde 2014, suas ruas estreitas e sinuosas são repletas de escadarias. ww.turismofrigiliana.es iStock
  • No último trecho do cânion do rio Vero, entre ravinas profundas da serra de Guara, se destaca o castelo de Santa María La Mayor (monumento nacional desde 1931). A seus pés, a vila medieval de Alquézar, declarado conjunto histórico artístico em 1982. www.alquezar.es
    17No último trecho do cânion do rio Vero, entre ravinas profundas da serra de Guara, se destaca o castelo de Santa María La Mayor (monumento nacional desde 1931). A seus pés, a vila medieval de Alquézar, declarado conjunto histórico artístico em 1982. www.alquezar.es
  • O castelo, conhecido desde 1202 (sob o nome árabe de Avingalbón), domina as ruas estreitas de Puertomingalvo, autêntica vitrine da arquitetura popular, com sua Prefeitura, construída entre os séculos XIV e XV, como máximo expoente: fachada em pedras de cantaria, com acessos em arcos plenos e beirais de madeira trabalhada. www.puertomingalvo.com
    18O castelo, conhecido desde 1202 (sob o nome árabe de Avingalbón), domina as ruas estreitas de Puertomingalvo, autêntica vitrine da arquitetura popular, com sua Prefeitura, construída entre os séculos XIV e XV, como máximo expoente: fachada em pedras de cantaria, com acessos em arcos plenos e beirais de madeira trabalhada. www.puertomingalvo.com Getty Images
  • Declarada conjunto histórico artístico em 1973, fica a poucos quilômetros da fronteira catalã. A partir de sua praça maior, com sua Prefeitura do início do século XVII, é tecida uma rede de ruas que levam o visitante a igrejas, praças e casas senhoriais em pedra com sacadas de ferro forjado. www.calaceite.es
    19Declarada conjunto histórico artístico em 1973, fica a poucos quilômetros da fronteira catalã. A partir de sua praça maior, com sua Prefeitura do início do século XVII, é tecida uma rede de ruas que levam o visitante a igrejas, praças e casas senhoriais em pedra com sacadas de ferro forjado. www.calaceite.es Agefotostock
  • Suas 16 torres, seis portões (entre eles o do Rei, por onde entrou Jaime I) e quase dois quilômetros de muralhas (muros com 10 a 15 metros de altura e dois metros de espessura) dão forma à característica e sinuosa silhueta de Morella, coroada pelo castelo. Sua igreja de Santa Maria Maior recebe todo agosto o Festival Internacional de Música de Órgão. www.morellaturistica.com
    20Suas 16 torres, seis portões (entre eles o do Rei, por onde entrou Jaime I) e quase dois quilômetros de muralhas (muros com 10 a 15 metros de altura e dois metros de espessura) dão forma à característica e sinuosa silhueta de Morella, coroada pelo castelo. Sua igreja de Santa Maria Maior recebe todo agosto o Festival Internacional de Música de Órgão. www.morellaturistica.com iStock
  • Conhecida como Pórtico de Aragón (abre-se como um grande mirante natural sobre o planalto de Teruel) e como Corte da Serra, pelo grande número de casas senhoriais e pequenos palácios que integram seu conjunto histórico artístico. Faz parte da rede de municípios Cittaslow (cidades sem pressa) e é ponto de parada no Caminho de El Cid. www.rubielosdemora.es
    21Conhecida como Pórtico de Aragón (abre-se como um grande mirante natural sobre o planalto de Teruel) e como Corte da Serra, pelo grande número de casas senhoriais e pequenos palácios que integram seu conjunto histórico artístico. Faz parte da rede de municípios Cittaslow (cidades sem pressa) e é ponto de parada no Caminho de El Cid. www.rubielosdemora.es
  • Dizem os responsáveis locais pelo turismo que o traçado medieval de Cantavieja convida a vagar por seus cantos (cheios de história e de patrimônio) e a ir a seus mirantes: a Oeste se vê Muela Monchen; a Leste, Vega de San Antonio e o Rebollar; ao Sul, La Tarayuela.http:cantaviejaturismo.blogspot.com.es
    22Dizem os responsáveis locais pelo turismo que o traçado medieval de Cantavieja convida a vagar por seus cantos (cheios de história e de patrimônio) e a ir a seus mirantes: a Oeste se vê Muela Monchen; a Leste, Vega de San Antonio e o Rebollar; ao Sul, La Tarayuela.http://cantaviejaturismo.blogspot.com.es Agefotostock
  • Suas origens árabes são palpáveis nas ruas estreitas e ziguezagueantes de seu conjunto histórico, com o castelo no alto. A ampliação cristã é notada nas ruas de traçado linear, na igreja paroquial e no palácio do século XV. Uma de suas atrações turísticas é a Roca Grossa: uma pedra colossal encontrada subindo pela rua da Fonte, equilibrada em terreno inclinado. www.vilafames.es
    23Suas origens árabes são palpáveis nas ruas estreitas e ziguezagueantes de seu conjunto histórico, com o castelo no alto. A ampliação cristã é notada nas ruas de traçado linear, na igreja paroquial e no palácio do século XV. Uma de suas atrações turísticas é a Roca Grossa: uma pedra colossal encontrada subindo pela rua da Fonte, equilibrada em terreno inclinado. www.vilafames.es
  • Em janeiro, moradores e turistas de Lucainena de las Torres vão à procissão do Padroeiro, São Sebastião, jogando pães no caminho, por ruas, casas e sacadas muito conservados e cheios de flores. Do Poyo de la Cruz se tem uma vista panorâmica do povoado e do antigo moinho. www.lucainenadelastorres.es
    24Em janeiro, moradores e turistas de Lucainena de las Torres vão à procissão do Padroeiro, São Sebastião, jogando pães no caminho, por ruas, casas e sacadas muito conservados e cheios de flores. Do Poyo de la Cruz se tem uma vista panorâmica do povoado e do antigo moinho. www.lucainenadelastorres.es Agefotostock
  • Este povoado alpujarrenho mantém sua aparência bérbere, com seus telhados de ardósia e barro e casas caiadas que acompanham o relevo do terreno. Pampaneira, conjunto histórico artístico próximo a Bubión e Capileira, fica em pleno desfiladeiro de Poqueira, perto dos picos Mulhacén e Veleta. Grande parte de seu território municipal faz parte do parque natural de Sierra Nevada. www.turismopampaneira.com
    25Este povoado alpujarrenho mantém sua aparência bérbere, com seus telhados de ardósia e barro e casas caiadas que acompanham o relevo do terreno. Pampaneira, conjunto histórico artístico próximo a Bubión e Capileira, fica em pleno desfiladeiro de Poqueira, perto dos picos Mulhacén e Veleta. Grande parte de seu território municipal faz parte do parque natural de Sierra Nevada. www.turismopampaneira.com Corbis