A prisão de Paulo Freire, “subversor dos menos favorecidos”, na ditadura

Educador brasileiro foi preso por mais de 70 dias durante o regime militar sob a justificativa de doutrinação marxista. Leia trecho do livro 'O Educador', de Sérgio Haddad