IDEIAS

Por que a Hungria se rendeu ao extremista Orbán e como controlar o ensino é essencial para seu projeto

Primeiro-ministro húngaro foi reeleito três vezes seguidas com um discurso centrado na etnia e no medo dos imigrantes. A pensadora Agnes Heller, que o considera um “tirano moderno”, explica o que podemos aprender com a Hungria antes que seja tarde demais