Coluna

Daniel Ortega Somoza

O ditador está nu, embora empenhado em cantar hinos sandinistas e lançar discursos vazios