O falecido Yaser Arafat, em uma imagem de 2001.

Especialistas russos asseguram que Arafat morreu por causas naturais

O responsável pelo relatório encomendado pelos palestinos considera que essa é a conclusão definitiva

Muro com um grafite de Arafat em um campo de refugiados palestinos.

Os peritos franceses descartam que Arafat morreu por envenenamento

Um relatório pedido pela Promotoria confirma que o líder palestino morreu de causas naturais. Investigações anteriores apontavam a presença de polônio em seu corpo