Crise econômica no Brasil
Os ministros Nelson Barbosa e Valdir Simão.

Governo Dilma anuncia corte tímido no orçamento e admite queda maior do PIB

Déficit orçamentário será de 0,97%, quase o dobro do estimado inicialmente. Reajuste do salário mínimo pode ser afetado se o quadro de recessão se agravar ao longo do ano

crise econômica
O secretário geral da OCDE, José Angel Gurría.

OCDE: Economia global crescerá 3% enquanto o Brasil terá queda de 4%

Entidade revê seu prognóstico mundial, apontando o menor ritmo de crescimento em cinco anos. Outros dois gigantes emergentes, Índia e China, terão avanços de 6,5% e 7%, respectivamente

economia brasileira
Fachada da Standard & Poor's em Nova York.

Pela segunda vez, S&P rebaixa nota do Brasil prevendo recessão longa

Agência havia tirado grau de investimento há cinco meses. De lá para cá, ambiente político hostil e dificuldade do Governo de passar assuntos importantes no Congresso complicaram o cenário

BRASIL
Dilma na reunião do Conselhão.

Conselhão: baixas por Lava Jato e representante das domésticas

Entre nomes que deixaram o grupo, estão Marcelo Odebrecht e José Carlos Bumlai, sob investigação do Ministério Público

Otaviano Canuto | representante do Brasil no fmi
Representante do Brasil no FMI, Otaviano Canuto.

“Não há nada de ruim na Lava Jato. Teremos mais concorrência”

Representante do Brasil no FMI, Otaviano Canuto, defende que, apesar da paralisia de investimentos gerada pelo escândalo da Petrobras, a operação gerou uma percepção de prevalência da lei

crise econômica
Dilma e o neto Guilherme, que nasceu nesta quinta.

Dilma esfria expectativa do PT e prega reforma da Previdência

Presidenta disse que compromisso primordial é com o ajuste fiscal e não detalhou plano de estímulos ao crescimento. Mudança na aposentadoria é atacada por petistas e movimentos sociais

economia brasileira
Nelson Barbosa, Dilma o ex-ministro Levy.

Com crise represada até fevereiro, Governo tenta destravar a economia

Dilma traça plano econômico para apresentar ao Conselhão no fim do mês, mas o ministro Jaques Wagner tenta controlar expectativas Não tem coelho na cartola . Barbosa vai a Davos

CRISE BRASILEIRA
Presidenta Dilma Rousseff pedalando em Brasília

Dilma paga pedaladas até de 2015 para enfraquecer argumento do impeachment

Governo pagou 72,4 bilhões por manobras fiscais, principal argumento da oposição para pedir sua saída. Presidente da Câmara já anunciou, porém, que vai insistir no processo de impedimento

economia no brasil
O real desvalorizou frente ao dólar cerca de 50% durante 2015.

Por que os economistas erraram em prever o tombo da economia brasileira em 2015?

Nos últimos cinco anos, as previsões colhidas com um ano de antecedência se revelaram bastante mais otimistas do que a realidade. Visto lá de janeiro, Brasil parecia longe de uma recessão

crise no brasil
Governadores e o ministro Barbosa (dir.) em Brasília.

Estados se mobilizam para pedir socorro a Dilma e tentar fechar no azul em 2016

Delegação de onze governadores e mais o Distrito Federal apelou aoministro da Fazenda, Nelson Barbosa, para tentar garantir verba para 2016. Situação é precária no Rio e no Rio Grande do Sul

Entrevista | Armando monteiro, ministro do desenvolvimento
Ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro.

“Se existe uma área que dará boas notícias é a do comércio exterior”

Ministro, que participou da cúpula do Mercosul, diz que a percepção do bloco mudou e aponta para movimento com a UE

James Gulbrandsen | da NCH Capital
James Gulbrandsen, sócio gestor da NCH Capital

“Se Barbosa não detalhar planos, dá munição a ataques especulativos”

Gulbrandsen diz que Levy era visto como escudo de proteção da economia, enquanto Nelson Barbosa não deixa claro a que veio

Economia Brasileira
Dilma entre Barbosa e Levy.

Dilma pede a Nelson Barbosa metas realistas e foco no crescimento econômico

Presidenta adota cautela para acalmar mercado no dia da posse do novo ministro da Fazenda. Dólar supera os quatro reais e bolsa registra menor nível desde abril de 2009 com medo de mudanças

Levy dá lugar a Barbosa na Fazenda

Mercado reprova Barbosa na Fazenda: desafios serão os mesmos de Levy

Economistas acreditam que novo ministro não terá pulso tão firme quanto o antecessor para promover um ajuste fiscal

economia brasileira
Ministro do Planejamento, Nelson Barbosa.

Nelson Barbosa, mais amigo de Dilma que do mercado

O novo ministro da Fazenda garante que ajuste continua no foco, mas é um dos responsáveis pelas pedaladas, segundo TCU

crise política
Levy e seu substituto, Nelson Barbosa.

Alinhado a Dilma, Barbosa deixa Planejamento para assumir lugar de Levy na Fazenda

Saída de economista ortodoxo aumenta turbulência na economia brasileira em recessão. Nelson Barbosa, que troca o Ministério do Planejamento pela Fazenda, defende política desenvolvimentista

Ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, participa do Fórum de Infraestrutura realizado pelo EL PAÍS.

Projeto de ferrovia até o Peru é realista, diz Nelson Barbosa

Trecho brasileiro da transcontinental, cobiçada por chineses, sairá independentemente de ligação com Pacífico, garante ministro