O truque de Zuckerberg e Obama para render melhor não tem fundamento

Estudos recentes derrubam teoria psicológica de que tomar decisões corrói a força de vontade