Mulher carrega bebê na comunidade Vila Kennedy, no Rio.

O México também colocou o Exército nas ruas contra o tráfico: a história daquele fracasso

Mais de 11 anos depois de mandar o Exército às ruas para combater o tráfico a violência continua sangrando o país

Militares patrulham uma rua de Japeri, perto do Rio.

Jacqueline Muniz: “Empregar o Exército no Rio é uma teatralidade operacional de alto custo e baixa eficácia”

Especialista critica a intervenção federal e faz radiografia das capacidades e intenções do Exército

Michel Temer durante evento em Itaguaí, Rio.

Fitch reduz nota do Brasil após fracasso da reforma da Previdência

Em janeiro, a Standard & Poor's já havia rebaixado a nota de "bom pagador" do país

Soldados patrulham comunidade no Rio de Janeiro.

Quando integrantes do Exército são corrompidos pelo crime organizado

Instituição já teve casos de militares envolvidos em venda de drogas, armas e informações. Para especialistas, qualquer plano de segurança precisa encarar esta zona cinzenta

Militares brasileiros no Japeri.

Intervenção polêmica no Rio

Há vários argumentos contra a presença do Exército nas ruas do Estado

Soldados do exército atuam em Japeri, perto do Rio.

Anistia diz que intervenção no Rio é medida extrema, imprecisa e põe vidas em risco

ONG lança relatório em que fala sobre aumento da violência e dos homicídios no Brasil. Entidade culpa o Estado o brasileiro por sua omissão e responsabilidade em mortes

Michel Temer ao centro, ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia e do ministro da Justiça, Torquato Jardim (E), e do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, e o ministro da Defesa, Raul Jungmann (D).

O Governo suspeito de Michel Temer

Demorou, mas Temer parece ter encontrado uma pauta na qual mesmo os desconfiados querem confiar. Todo mundo sabe que é um truque, mas bem que poderia dar certo

Policiais na favela Kelson, no Rio de Janeiro.

Estados vizinhos do Rio temem migração de criminosos após intervenção federal

Minas, São Paulo e Espírito Santo tentam coordenar estratégias para evitar a dispersão. Ministro da Justiça diz que reação é esperada e que objetivo é impedir “tsunami”

Soldados em penitenciária do Rio de Janeiro.

Intervenção no Rio: as regras do jogo democrático não são um “luxo para tempos de paz”

O decreto, ao expressar que se trata de uma intervenção “de natureza militar”, estipula algo jamais previsto na Constituição

Militares fazem patrulha no Rio de Janeiro.

Intervenção federal no Rio desperta fantasmas sobre o papel do Exército

Comandante do Exército diz querer evitar "nova Comissão da Verdade" e provoca onda de críticas. Fala alimenta batalha política contra medida no Estado. General transmitiu mal-estar entre militares

Manifestação em apoio à Lava Jato no início do ano passado.

Brasil piora 17 posições no ranking de corrupção da Transparência Internacional

Forte recuo acende alerta para a falta de resposta às causas estruturais da corrupção no país, segundo entidade

Militares patrulham o aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, no último sábado, um dia após a intervenção federal no Estado.

A história das operações e planos de segurança no Rio: três décadas de fracassos

Aposta pelo uso da força e apelo aos militares vem sendo constante no Estado desde 1992. UPPs representaram tentativa estruturante e de longo prazo, mas também falhou

O general Braga Netto, interventor do Rio de Janeiro.

Exército prepara ordens de busca e apreensão em bairros inteiros do Rio

A medida já foi adotada em ao menos outras três ocasiões e acabou proibida pela Justiça fluminense

O interventor militar do Rio, general Walter Souza Braga Netto.

O que se sabe sobre a intervenção federal no RJ e quem é quem no comando militar

General Walter Souza Braga Netto, o interventor, disse que ainda faria planejamento Comandante do Exército disse que Netto responderá diretamente para presidente

“Se você é negro...”: o vídeo com dicas de sobrevivência à intervenção no Rio

Manual com dicas para negros viraliza nas redes e escancara a triste realidade da população mais vulnerável que teme morrer sob a operação do Governo federal

A Paraíso do Tuiuti, escola vice-campeã e sensação do Carnaval do Rio, voltou à avenida neste sábado, mas com uma controvérsia. O destaque vestido de "vampiro neoliberal", uma das fantasias mais comentadas do ano, desfilou sem a faixa presidencial da primeira aparição, que o transformou imediatamente em "vampiro-presidente". As explicações da escola e do próprio folião foram contraditórias. O destaque Leo Morais primeiro disse ao G1 que esperava autorização para desfilar com a roupa completa, depois disse ter perdido a faixa. O jornal 'O Globo' citou fontes anônimas da escola para afirmar que a agremiação sofreu pressões da Presidência da República para censurar o adereço, porque o Planalto estaria incomodado com a representação do vampiro-presidente. O assunto virou um dos temas mais comentados das redes sociais.

Um vampiro-presidente, mas agora sem faixa, e outras imagens para dizer adeus ao Carnaval

Temer cumprimenta interventor ao lado de Crivella, Moreira Franco e Pezão (ao fundo).

Temer completa guinada de agenda e cria ministério exclusivo para segurança

Em reunião do Rio, um dia após decretar intervenção federal, presidente afirma que nova estrutura irá coordenar as ações em todos os Estados

Ocupação das forças armadas na Rocinha, em setembro de 2017.

Intervenção federal no Rio, a nova cara das ações militares que fracassam há décadas

Moradores de comunidades e especialistas recordam problemas de ocupações passadas e temem novas violações. Rio é apenas o décimo Estado mais violento do país

Imigrantes venezuelanos no chão da rodoviária de Boa Vista no início do ano passado.

Com 40.000 venezuelanos em Roraima, Brasil acorda para sua ‘crise de refugiados’

Presidente reconhece situação de 'vulnerabilidade' no Estado e edita Medida Provisória com ações de assistência para imigrantes

Soldado do exército patrulha a Linha Amarela, no Rio de Janeiro, em fevereiro deste ano.

Intervenção federal no Rio decretada por Temer abre inédito e incerto capítulo

General Braga Netto passa a ter poderes de governador na segurança pública a partir desta sexta

Rodrigo Maia, Michel Temer, Luiz Fernando Pezão e Raul Jungmann durante assinatura de decreto para intervenção federal na segurança pública no Rio de Janeiro.

Intervenção federal: um conveniente impedimento da reforma da Previdência

Com decisão do Governo, nenhuma alteração na Constituição poderá ser realizada até o fim do ano. Para oposição, trata-se de uma saída honrosa para derrota e mudança de agenda para o Planalto

Detalhe do desfile do Beija-Flor na Sapucaí.

Beija-Flor, o grito de protesto campeão do Carnaval 2018 do Rio

Agremiação leva discurso político para a Sapucaí e troca o luxo pelos trapos e referências à violência. Paraíso do Tuiuti é vice-campeã com desfile também marcado pelo tom de protesto político

Destaque no desfile da Beija Flor representando um político brasileiro.

De volta para o futuro

Enquanto no Brasil do Carnaval, uma despreocupação contagiante toma conta do ambiente, no Brasil real, as forças políticas vão se movimentando visando as eleições gerais de outubro

Ministro Roberto Barroso na sessão plenária de 1º de fevereiro de 2018.

Entrevista de diretor da PF gera novo constrangimento para o Governo no STF

Ministro intima Fernando Segovia a explicar comentário sobre fragilidade de investigação sobre Temer Diretor da Polícia Federal disse à agência Reuters que inquérito "pode até concluir que não houve crime”

Disparada do gás faz Temer estudar medidas para amenizar preço do botijão para os mais pobres

Presidente também pediu investigação para impedir preços abusivos da gasolina nos postos de combustíveis

O embaixador Sergio Amaral no seu gabinete.

“O desafio mais importante para o Brasil é aprofundar as relações na sua região”

Embaixador brasileiro em Washington minimiza a inexistência de uma reunião entre Trump e Temer

Luciano Huck em homenagem pelo seu aniversário no 'Caldeirão'.

A volta do Incrível Huck

Frente a inexpressividade de Alckmin nas pesquisas, nome do apresentador é novamente mencionado como candidatura alternativa por ala neoliberal