Supremo Tribunal Federal

STF reage a “delinquentes digitais” e caminhoneiros que pressionam por regra mais dura para prisões

Supremo, alvo de críticas de caminhoneiros e de grupos nas redes, avança em julgamento que pode afetar Lula. Placar, por ora, é de 3 a 1 a favor de prisão após segunda instância. Sessão será retomada nesta quinta

Caso Fabrício Queiroz

Ministro do STF arquiva pedido de Flávio Bolsonaro sobre caso Queiroz e mantém investigação no Rio

No dia 17 de janeiro, o presidente interno da corte, Luiz Fux, tinha determinado a suspensão da apuração do MPRJ referente a um ex-assessor de Flávio Bolsonaro

Caso Fabrício Queiroz

STF suspende investigação sobre Queiroz, ex-assessor de filho de Bolsonaro

Luiz Fux, ministro do plantão do Supremo, atendeu a um pedido de Flávio Bolsonaro. Marco Aurélio Mello, relator do caso, decidirá após o recesso do Judiciário se mantém a suspensão

As cinco horas da queda de braço no Supremo que quase libertou Lula

Às vésperas do recesso, STF vive momentos de tensão após o Marco Aurélio Mello conceder liminar, depois revogada, para soltar presos julgados em segunda instância, o que beneficiaria o ex-presidente

Supremo Tribunal Federal

Toffoli suspende liminar de Marco Aurélio que poderia soltar Lula

Presidente do STF afirma que é preciso esperar a apreciação do Plenário sobre a liberação dos presos condenados em segunda instância

Supremo Tribunal Federal

Lula será solto? Entenda o que pode acontecer após decisão de Marco Aurélio

Jurista Ivar Hartmann, da FGV Direito Rio, analisa a decisão do ministro do Supremo e traça possíveis cenários

Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal

STF torna Aécio Neves réu por corrupção e obstrução de justiça

Decisão de tornar o senador tucano réu da Lava Jato foi unânime. Ele nega as acusações

Supremo adia decisão sobre liberdade de Antonio Palocci

Gilmar Mendes critica Moro durante a sessão: "Deviam criar a Constituição de Curitiba"

Tribuna

Gilmar Mendes, o Neymar do Supremo

Hoje, o Brasil tem 210 milhões de presidentes do STF, que sabem exatamente como cada ministro joga — ou como deveriam jogar — e que assuntos devem ser pautados pelo tribunal