Cuba, Venezuela e Honduras se mantêm como os países com menos liberdade de imprensa na América Latina

O relatório da Freedom House destaca a melhora do Paraguai e a piora dos Estados Unidos e do Panamá

Tribuna

A ‘arte’ de limitar a liberdade de informação

O WikiLeaks não é uma ameaça, mas um meio de comunicação que exerce um direito fundamental

O príncipe Charles tenta evitar a publicação de 27 cartas comprometedoras

O diário 'The Guardian' está a um passo de obter as missivas por via judicial Apenas o Tribunal Supremo pode evitar que sejam publicadas Nos correios o príncipe pressiona com suas opiniões a vários ministérios, o que contradiz sua obrigação de neutralidade

Centenas de famosos pedem à imprensa britânica que aceite se regular

O código de autorregulação foi proposto após o escândalo de escutas ilegais feitas pelo já desaparecido tabloide 'News of The World'

O ano passado foi o mais violento para os jornalistas no México desde 2007

Durante o primeiro ano de Governo de Peña Nieto, 59% das agressões a comunicadores partIram de funcionários públicos, segundo a ONG Artigo 19

Maduro afirma que “chegará a hora” para a imprensa venezuelana

Pelo menos dez jornais deixaram de circular pela escassez de papel na Venezuela. Outros 21 veículos foram afetados

No território onde a informação se paga com a vida

Milhares de jornalistas se arriscam para exercer a profissão Os assassinatos, sequestros e a prisão são uma ameaça real em muitos países do mundo

Um novo projeto jornalístico no Equador enfrenta “linchamento midiático”

O embrião de uma nova agência de notícias é contestado até mesmo pelo presidente Rafael Correa, que já foi investigado por um dos sócios do grupo

O debate sobre a imprensa no Peru segue no Palácio do Governo

Diretores de veículos se reuniram com o presidente para discutir disputas territoriais, o 'fallo de La Haya', mas acabaram abordando o choque entre dois grupos de jornais Mario Vargas Llosa e seu filho Alvaro discordam sobre os limites à concentração das empresas nesta área.

Um castelo de cartas?

Com a passagem dos meios de comunicação de sociedades capitalistas para o “povo organizado”, em 1974, começaria a existir a verdadeira liberdade de imprensa no Peru. A realidade foi diferente.

Ataque terrorista em Paris

“Só consideram provocação quando desenhamos Maomé”

Leia reportagem sobre diretor da 'Charlie Hebdo', Stéphane Charbonnier, publicada em 2012 Charb morreu nesta quarta-feira após atentado a revista que foi invadida por atiradores