Jean-Christophe Cambadélis, após anunciar demissão.

Partido Socialista francês entra no purgatório

Primeiro secretário, Jean-Christophe Cambadélis, renuncia após resultado ruim