festival de cinema de berlim

“Eu me chamo Chavela Vargas. Não se esqueçam do meu nome”

Um documentário mostra a vida tanto selvagem como criativa da cantora mexicana, uma artista que lutou para defender sua liberdade e opção sexual

Poesía

Esconderijos onde o amor apodrece

Antes de morrer, em janeiro, o poeta reuniu em um último livro seus poemas em prosa