Iván Granados, na FIL de Guadalajara.

O bibliotecário de García Márquez olha para uma árvore de Natal

Iván Granados, que organizou os livros do ganhador do Nobel em sua residência, recorda com prudência respeitosa o espaço íntimo do escritor

Minha primeira vez

Tentei tornar-me invisível no novo colégio e descobri um enorme salão vazio. Ao me observar sempre por ali, quieto, a mulher de óculos e coque me chamou