José Manuel Mireles | Fundador da Autodefesa de Michoacán
José Manuel Mireles, fundador das Autodefesas de Michoacán

Fora da prisão, inimigo histórico do narcotráfico no México diz que volta para a luta, mas sem armas

José Manuel Mireles, líder das milícias Autodefesas, acusa o presidente Enrique Peña de sua condenação e diz que o país está muito pior do que quando foi para cadeia

Eleições México 2015
Hipólito Mora em La Ruana, Michoacán (México), dezembro de 2014.

Hipólito Mora, o candidato mexicano que acaricia a escopeta

Antigo líder miliciano, investigado por assassinato e sequestro, ele quer uma cadeira na Câmara dos Deputados do México

Narcotráfico no México
Policiais em Tanhuato.

Tiroteio entre polícia do México e criminosos deixa 43 mortos

Confrontos ocorreram em Tanhuato, no Estado de Michoacán, a poucos quilômetros de onde foi morto um candidato a prefeito.

Eleições méxico 2015
Enrique Hernández, o candidato assassinado em Yurecuaro.

Dois candidatos são assassinados em menos de 24 horas no México

Ex-líder de milícia de Michoacán que concorria à prefeitura de Yurécuaro foi baleado. Outro candidato a vereador em Tabasco morreu após receber vários disparos

Uma mulher discute com um militar durante protesto pela libertação de Mireles.

O comissário de Michoacán: “Que ninguém duvide: faremos valer a lei”

Depois de prender o líder das milícias de autodefesa, o Governo do México reforça que o Estado se impõe nessa zona crítica

ENRIQUE PEÑA NIETO| Presidente do México
O presidente mexicano, Enrique Peña Nieto./ Jason Alden (Bloomberg)

“Não penso a curto prazo, meu compromisso é com o futuro do México”

O presidente mexicano afirma que não desistirá durante a tramitação legislativa do esforço de reformas que o seu Governo promove na ordem constitucional

Alfredo Castillo, o comissário em Michoacán, abraça Estanislao Beltrán, porta-voz dos paramilitares

O Governo mexicano veste como policiais as autodefesas

A dissolução dos grupos civis armados aconteceu quatro meses depois da intervenção do executivo de Peña Nieto em Michoacán

Imagem do anúncio publicada no Twitter de Alfredo Castillo.

O Governo mexicano dá uma data para o fim das autodefesas

A Comissão de Segurança determina que antes do dia 10 de maio os grupos deverão ser convertidos em polícia comunitária

Assassinado um prefeito no Estado mexicano de Michoacán

Gustavo Garibay, governante de Tanhuato e membro do Partido Ação Nacional, sofreu outro atentado em 2012

O narcotráfico recebia 10% do dinheiro federal enviado a Michoacán

As máfias obrigavam os prefeitos a colocar na folha de pagamento e a comprar em empresas aprovadas por eles

A QUARTA PÁGINA

Histórias de Terra Quente

Neutralizar o cartel dos Templários, contra o qual lutam as milícias, requer uma coordenação inédita das forças federais, mas Michoacán precisa de uma reforma profunda que ninguém sabe como empreender

Autodefesas em Michoacán.

Peña Nieto anuncia um resgate de 8,2 bilhões de reais para Michoacán

O presidente do México detalha um aporte bilionário, o maior já destinado pelo Governo a uma só região mexicana, para investimentos em educação e infraestrutura na zona de conflito. Civis armados e narcotraficantes disputam o controle dos municípios de Terra Caliente. O Governo mobilizou 10.000 policiais e militares na área.

Os zapatistas do século 21

As ‘autodefesas’ estão nos nossos genes, foram séculos de convivência com um poder abusivo

Rita Magaña, mãe de María Mariscal, em cativeiro desde dezembro passado.

A voz do medo em Tierra Caliente

Vítimas do crime organizado contam suas histórias. A Igreja reage à violência na cidade de Apatzingán, bastião dos Templários

Ouçam as autodefesas

Para o poeta e ativista do Movimento pela Paz com Justiça e Dignidade, os grupos de civis armados não estão na contramão do Estado, mas a favor dele