Coluna
i

Como Bolsonaro, Mussolini iniciou a instauração do fascismo com ameaças ao Parlamento e à liberdade de expressão

Aqueles que hoje insistem que Bolsonaro é apenas um desequilibrado que nunca arrastaria o Brasil para uma aventura mussoliniana, deveriam recordar algumas afirmações feitas por ele antes de eleito

Bolsonaro, com um exemplar do jornal Folha de S.Paulo nas mãos, ameaça jornalistas e manda repórteres calarem a boca, na manhã desta terça-feira, em Brasília.
Bolsonaro, com um exemplar do jornal Folha de S.Paulo nas mãos, ameaça jornalistas e manda repórteres calarem a boca, na manhã desta terça-feira, em Brasília.UESLEI MARCELINO / Reuters

Quase todas as rupturas democráticas na história moderna começaram da mesma maneira: com ataques à liberdade de expressão e ao Congresso, e acabaram em sangue. Foi assim, por exemplo, cem anos atrás, quando Benito Mussolini criou o fascismo....

Mais informações