ONG Rio de Paz fez manifestação no Museu de Arte de São Paulo (MASP), em 2019, contra estupros.
ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

A silenciosa pandemia dos estupros de vulneráveis

Cristina Neme / Rafael Rocha|

Com a população sem acesso às interações comunitárias e às instituições que poderiam funcionar como uma rede de proteção, a dificuldade de identificar o abuso tende a aumentar e seu enfrentamento restar ainda mais prejudicado

newsletters

Receba o boletim diário do EL PAÍS Brasil