Assim as famílias reais desejam boas festas na Internet

Com as crianças como protagonistas, com uma imagem natalina ou com um retrato conjunto. Uma compilação dos cartões de Natal virtuais enviados pelas monarquias europeias em 2020

A pose natalina dos duques de Cambridge e, à direita, de Haakon e Mette Marit, da Noruega.
A pose natalina dos duques de Cambridge e, à direita, de Haakon e Mette Marit, da Noruega.Instagram

Às vésperas do Natal, as famílias reais vão publicando suas felicitações típicas desta época para se despedir de um ano marcado pela pandemia e desejar um feliz 2021. Felipe VI e a rainha Letizia, da Espanha, quiseram desta vez dar todo o protagonismo às suas filhas, a princesa Leonor e a infanta Sofía, com uma imagem delas em Somao, eleito povoado exemplar em 2020, durante sua visita à região das Astúrias em outubro passado.

Foto do cartão de Natal da família real espanhola, protagonizada neste ano apenas pela princesa Leonor (à dir.) e a infanta Sofía, em uma pose no vilarejo asturiano de Somao, que visitaram em meados de outubro com seus pais.
Foto do cartão de Natal da família real espanhola, protagonizada neste ano apenas pela princesa Leonor (à dir.) e a infanta Sofía, em uma pose no vilarejo asturiano de Somao, que visitaram em meados de outubro com seus pais. EFE

Entretanto, era a felicitação dos reis eméritos, Juan Carlos e Sofía, a mais esperada por todas, devido à situação do pai do atual monarca, que deixou a Espanha há quatro meses após ser acusado de sonegação. Diferentemente do ocorrido no ano passado, quando o casal emérito posava junto em uma foto tirada meses antes, no verão, nestas festas Juan Carlos e Sofía enviaram um cartão com uma imagem natalina, um costume que já foi deixado para trás na Casa Real. Outra das incógnitas que rodearam a família real espanhola nos últimos dias era se o rei emérito viajaria de volta à Espanha para comemorar as festas no palácio de Zarzuela, um desejo que tinha manifestado nas últimas semanas. Mas no dia 17 divulgou-se afinal que ele permanecerá em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), onde se encontra desde agosto passado, para não pôr em risco a sua saúde (tem 82 anos e pertence a um grupo de alto risco), e à espera de que melhore a situação da pandemia pelo coronavírus.

Os votos de felicidade para o Natal dos reis eméritos da Espanha em 2020.
Os votos de felicidade para o Natal dos reis eméritos da Espanha em 2020. © Casa de S.M. el Rey

No Reino Unido, a felicitação natalina dos duques de Cambridge com seus filhos sempre deixa uma grande imagem da família para recordar, e este ano não foi exceção. A escolha do príncipe William e de Kate Middleton mostra uma pose familiar, captada nas últimas semanas, pois ambos já aparecem com roupa de inverno. Em uma cena informal, os duques e seus filhos aparecem sentados em blocos de feno, em frente a uma pilha de lenha. O príncipe George, de 7 anos, está sentado e sorri junto ao seu pai. A princesa Charlotte, de 5, também sorri para a câmera sentada no colo da mãe; e o pequeno Louis, 2, está entre seus pais, rindo e de olhos quase fechados.

O pai de William, o príncipe Charles, e sua mulher, Camilla Parker Bowles, optaram por uma foto romântica no jardim de Birkhall, a sua residência privada na Escócia, rodeados de flores em um dia ensolarado. Foi lá que o filho mais velho da rainha Elizabeth II decidiu se confinar durante a primeira onda da pandemia, e também onde se recuperou da doença após dar positivo para o coronavírus no final de março. O casal só retornou à sua moradia oficial em Londres, a Clarence House, em junho, mas viajou outra vez à Escócia em agosto para passar as férias de verão.

A Família Real belga também deu o Natal por inaugurado com duas fotografias. A primeira uma pose mais formal em que os reis Philippe e Mathilde aparecem com seus quatro filhos, os príncipes Elisabeth (19 anos), Gabriel (17 anos), Emmanuel (15 anos) e Eleonore (12 anos); e a segunda com outra imagem da família inteira no Salão do Trono do Palácio Real de Bruxelas — esta não é sua residência, eles vivem no Castelo Real de Laeken —, ornamentado para a ocasião com um impressionante abeto natalino coberto de luzes e um presépio de tamanho natural.

Para os príncipes Carl Philip e Sofia, da Suécia, que em novembro anunciaram resultados positivos em exames de coronavírus, este Natal será o último antes da chegada do terceiro filho, que também tem seu protagonismo no cartão escolhido para felicitar as festas. Na imagem se observa a incipiente barriga de grávida de Sofia Hellqvist, que ostenta um singelo vestido bege de renda. Segura no colo o pequeno Gabriel, que posa com um simpático gorro de Papai Noel. Junto a eles, Alexander, de pé e com uma bonita estrela na mão, como se estivessem a ponto de terminar de decorar sua casa para as festas. O pai do menino, o príncipe Carl Philip, o abraça apoiando um joelho no chão.

Parece que a realeza da Dinamarca vai tomar como costume desejar boas festas com um vídeo familiar. Se no ano passado Frederik e Mary gravaram com seus quatro filhos um original vídeo em um estábulo de cavalos, desta vez fizeram uma gravação mais íntima. A numerosa família compartilhou imagens intimistas onde aparecem lanchando junto a chaminés do Palácio de Amalienborg e desejando Feliz Natal enquanto acendem velas. É a primeira aparição pública do príncipe Christian, o primogênito e herdeiro do casal real, depois que a Casa Real confirmou no começo deste mês que tinha dado positivo para o coronavírus. Desde que se detectou que tinha sido contagiado, o príncipe, junto com seus pais e irmãos, guardou isolamento de acordo com as medidas sanitárias.

A pose natalina da família real da Noruega foi feita justamente nesta segunda-feira, depois do discurso de inauguração dos atos de celebração do Advento na Capela do Palácio Real de Oslo, pronunciado pela primeira vez por Ingrid Alexandra, a primogênita dos príncipes herdeiros Haakon e Mette-Marit. Ela foi a encarregada de dar as boas vindas em uma cerimônia, realizada neste ano sem público por causa das restrições sanitárias do coronavírus, mas onde não faltaram seus pais, seu irmão e seus avós. Depois disto, a família posou para várias fotos. Em algumas, aparecem sozinhos os reis Harald e Sonia, e se nota como o monarca se apoia em uma bengala. Em outubro, o monarca passou um tempo retirado devido a uma cirurgia cardíaca.

Os monarcas também aparecem em outra imagem com o casal herdeiro e seus filhos, embora a certa distância. Como os reis não convivem com Haakon, Mette-Marit e sua prole, têm que manter a distância de segurança, e assim quiseram fazer inclusive para as fotos oficiais. Por outro lado, em outras das imagens da sessão se vê apenas o casal herdeiro e seus filhos, os príncipes Ingrid Alexandra e Sverre Magnus, dois irmãos que se mostram muito cúmplices nas fotografias.

Fora da Europa, os reis Abdallah e Rania, da Jordânia, foram os primeiros a apresentar as felicitações de boas festas, com uma pose que, como habitual em suas fotos, rompe os padrões reais. Foi a rainha Rania quem compartilhou essa imagem em 9 de dezembro, na qual aparece ao lado do seu marido e quatro filhos: os príncipes Hussein, Iman, Salma e Hashem. Diferentemente das monarquias europeias, a Casa Real hashemita não escolheu como cenário desta pose os jardins ou salões de um Palácio, e sim um cenário e um estilismo mais modernos.

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: