Selecciona Edición
Conéctate
Selecciona Edición
Tamaño letra
Marrocos

A seleção

Por Amine El Amri, Le Matin

Os Leões do Marrocos estão rugindo novamente. Vinte anos depois de sua dolorosa eliminação na fase de grupos da Copa de 1998, na França, o Marrocos (que em 1970 se tornou a segunda seleção africana a participar de uma Copa do Mundo, depois do Egito de 1934) está de volta.

Hervé Renard (Francia) – 49 años

Treinador:

Hervé Renard (Francia) – 49 anos

Será a quinta vez que o país disputará o principal torneio de futebol do planeta. “Realizamos um sonho. Vamos à Rússia, e não como turistas”, disse o capitão da seleção, Mehdi Benatia, jogador da Juventus, após a vitória sobre a Costa do Marfim, que carimbou o passaporte para a Copa.

A única equipe da África a se classificar sem tomar um único gol nas eliminatórias se baseia, naturalmente, em uma sólida defesa e em muito trabalho duro. A experiência de Karim El Ahmadi, M’barek Boussoufa e Mehdi Benatia combina bem com a inteligência de Hakim Ziyech e a força de Nordin Amrabat. Hervé Renard é, obviamente, o comandante da equipe, mas os conselhos de um de seus auxiliares, Patrice Beaumelle, são vitais. O ex-meia do Coventry City Mustapha Hadji também é uma peça-chave da seleção, compartilhando sua experiência e servindo de referência para a geração atual. A principal deficiência do time era a lateral esquerda, mas Achraf Hakimi (Real Madrid) tem preenchido o espaço admiravelmente desde setembro.

Todas as novidades da seleção da Marrocos »

Jogos tabela geral
Grupo B 15/06 - 12:00
MarrocosMarrocos - IrãIrã
Grupo B 20/06 - 9:00
PortugalPortugal - MarrocosMarrocos
Grupo B 25/06 - 15:00
EspañaEspaña - MarrocosMarrocos

A estrela

Hakim Ziyech

Hakim Ziyech
Trajetória da Copa do Mundo