Selecciona Edición
Conéctate
Selecciona Edición
Tamaño letra
Costa Rica

A seleção

Por Esteban Valverde, La Nación

A Costa Rica foi sensação há quatro anos, chegando às quartas-de-final do Mundial no Brasil. O desafio, agora, é repetir a façanha. Óscar Ramírez substituiu Jorge Luis Pinto como técnico e a seleção mostrou nas Eliminatórias que é a nova equipe a ser vencida dentro da Concacaf, depois de garantir sua passagem para a Rússia quando ainda faltavam duas partidas para disputar.

Óscar Ramírez – 53 años

Treinador:

Óscar Ramírez – 53 anos

Ramírez deu continuidade ao sistema 4-5-1 que funcionou tão bem com Pinto. É uma tática que exige bastante de Bryan Ruiz (Sporting) e Celso Borges (La Coruña), que é filho do treinador brasileiro Alexandre Guimarães. Ruiz é a principal referência no ataque e Borges está presente para proporcionar um equilíbrio à equipe no meio de campo. O goleiro do Real Madrid Keylor Navas é a estrela do time ao lado de Marco Ureña, que joga pelo San Jose Earthquakes, da Major League Soccer (MLS) e proporciona mais força ao ataque.

A Costa Rica terá de lutar para voltar a estar entre as oitos melhores seleções do Mundial, mas tem qualidade para passar pela fase de grupos e chegar às etapas decisivas.

Todas as novidades da seleção da Costa Rica »

Jogos tabela geral
Grupo E 17/06 - 9:00
Costa RicaCosta Rica - SérviaSérvia
Grupo E 22/06 - 9:00
BrasilBrasil - Costa RicaCosta Rica
Grupo E 27/06 - 15:00
SuíçaSuíça - Costa RicaCosta Rica

A estrela

Keylor Navas

Keylor Navas
Trajetória da Copa do Mundo