Ao Vivo

Notícias sobre a crise da covid-19 e a política, ao vivo | Na ONU, Bolsonaro constrange ao criticar passaporte da vacina

Na Assembleia Geral, presidente brasileiro fez discurso sectário, em que reiterou informações falsas sobre pandemia e ambiente. CPI ouve ministro da CGU sobre suspeitas na compra de vacinas. Brasil registra 203 novas mortes por covid-19 e beira as 591.000 vítimas na pandemia. As últimas notícias, ao vivo

O presidente Jair Bolsonaro coloca máscara após discursar na 76ª Assembleia Geral da ONU, nesta terça. No vídeo, a transmissão oficial ao vivo do evento, em inglês.
São Paulo / Brasília - 21 set 2021 - 19:36 UTC

Aviso aos leitores: o EL PAÍS mantém abertas as informações essenciais sobre o coronavírus durante a crise. Se você quer apoiar nosso jornalismo, clique aqui para assinar. Para receber gratuitamente nossa newsletter de segunda à sábado ―com reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as informações mais importantes do dia no seu e-mail―, inscreva-se aqui.

Em discurso na abertura da 76ª Assembleia Geral da ONU, o presidente Jair Bolsonaro constrangeu ao criticar a adoção do passaporte da vacina, defendeu o tratamento precoce contra a covid-19, já considerado ineficaz pela medicina, e atacou governadores brasileiros que adotaram medidas confinamento e fechamento do comércio. Em uma fala sectária, o presidente também repetiu mentiras sobre o meio ambiente, proteção de indígenas e outros temas. “Estamos há 2 anos e 8 meses sem qualquer caso concreto de corrupção”, declarou o mandatário, investigado no Supremo Tribunal Federal. Enquanto isso, em Brasília, a CPI da Pandemia ouve o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário. A pandemia já matou 590.955 pessoas no Brasil.

Leia as notícias mais importantes do dia:


Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50