Ao Vivo

Notícias sobre a covid-19, ao vivo | Índia bate recorde de mortes, com mais de 4.000 óbitos em um dia

Em mensagem para show, Papa pede a suspensão das patentes das vacinas contra o covid-19, enquanto União Europeia diz que debaterá questão se houver “propostas concretas”. Brasil altera posição e diz que vai apoiar as discussões, após anúncio histórico dos EUA. Brasil registra 2.165 novas mortes. Siga

Uma mulher recebe uma dose da vacina chinesa Sinopharm em Colombo, no do Sri Lanka, neste sábado.
Uma mulher recebe uma dose da vacina chinesa Sinopharm em Colombo, no do Sri Lanka, neste sábado.Eranga Jayawardena / AP
São Paulo / Brasília - 08 mai 2021 - 13:57 UTC

Aviso aos leitores: o EL PAÍS mantém abertas as informações essenciais sobre o coronavírus durante a crise. Se você quer apoiar nosso jornalismo, clique aqui para assinar. Para receber gratuitamente nossa newsletter de segunda à sábado ―com reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as informações mais importantes do dia no seu e-mail―, inscreva-se aqui.

Mais informações

Devastada pela pandemia de coronavírus, a Índia voltou neste sábado a bater recorde de mortes pela doença. Segundo o Ministério da Saúde, foram registradas 4.187 mortes nas últimas 24 horas, elevando o número total de óbitos para perto de 240.000 —o terceiro maior no mundo, atrás de Estados Unidos e Brasil. O país é o segundo em casos, com 21,9 milhões de infecções. Enquanto isso, a histórica decisão do Governo norte-americano de apoiar a suspensão de patentes de vacinas contra a covid-19 ganha ecos. Em mensagem para o show da campanha Vax Live, o Papa Francisco defendeu a medida e pediu “um espírito de justiça que nos mobiliza a garantir o acesso universal às vacinas e a suspensão temporária dos direitos de propriedade intelectual”. Neste sábado, o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, indicou que a União Europeia está disposta a debater a questão se houver “propostas concretas”. O Brasil declarou nesta sexta que vai apoiar a discussão.

Acompanhe as notícias mais importantes do dia:


Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50