Seleccione Edição
incendio moira lesbos
Migrantes abandonam o campo de refugiados durante o incêndio. AFP

Destruição no campo de refugiados de Moria, em imagens

18 fotos

O incêndio começou depois de um protesto de refugiados que foram forçados ao isolamento após a detecção de três dezenas de casos covid-19

  • Um grande incêndio eclodiu durante a noite no campo de refugiados de Moria, na ilha grega de Lesbos, que abriga cerca de 13.000 refugiados. Na imagem, imigrantes carregam seus pertences enquanto fogem do fogo.
    1Um grande incêndio eclodiu durante a noite no campo de refugiados de Moria, na ilha grega de Lesbos, que abriga cerca de 13.000 refugiados. Na imagem, imigrantes carregam seus pertences enquanto fogem do fogo. REUTERS
  • No início da manhã desta quarta-feira, vários bombeiros controlaram o fogo, mas ele ainda está ativo em partes do acampamento, que está praticamente destruído. Na foto, um grupo de imigrantes espera em uma calçada perto do campo de refugiados.
    2No início da manhã desta quarta-feira, vários bombeiros controlaram o fogo, mas ele ainda está ativo em partes do acampamento, que está praticamente destruído. Na foto, um grupo de imigrantes espera em uma calçada perto do campo de refugiados. EFE
  • De acordo com as autoridades locais, o incêndio começou após um protesto dos refugiados, que foram forçados a se isolar após a detecção de três dúzias de casos de covid-19. Na imagem, um casal de caminha dentro do acampamento durante o incêndio.
    3De acordo com as autoridades locais, o incêndio começou após um protesto dos refugiados, que foram forçados a se isolar após a detecção de três dúzias de casos de covid-19. Na imagem, um casal de caminha dentro do acampamento durante o incêndio. AFP
  • Na imagem, refugiados fogem do fogo.
    4Na imagem, refugiados fogem do fogo. AFP
  • “A situação é caótica. Acabo de chegar de lá e a parte central do campo continuava ardendo. Várias zonas, mais de um terço do campo, foram completamente reduzidas a cinzas. Milhares de pessoas ficaram sem um abrigo onde dormir”, contou pela manhã, por telefone, Thomas von der Osten-Sacken, voluntário que trabalha com a ONG local Stand by Me Lesvos.
    5“A situação é caótica. Acabo de chegar de lá e a parte central do campo continuava ardendo. Várias zonas, mais de um terço do campo, foram completamente reduzidas a cinzas. Milhares de pessoas ficaram sem um abrigo onde dormir”, contou pela manhã, por telefone, Thomas von der Osten-Sacken, voluntário que trabalha com a ONG local Stand by Me Lesvos. REUTERS
  • Uma família dorme nas proximidades do acampamento.
    6Uma família dorme nas proximidades do acampamento. REUTERS
  • Na semana passada, o Governo grego decretou uma no campo de Moria após a detecção do primeiro caso de coronavírus. Na imagem, um imigrante move um tronco em chamas.
    7Na semana passada, o Governo grego decretou uma no campo de Moria após a detecção do primeiro caso de coronavírus. Na imagem, um imigrante move um tronco em chamas. REUTERS
  • As chamas devoram o acampamento de refugiados de Moria.
    8As chamas devoram o acampamento de refugiados de Moria. EFE
  • A ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) criticou duramente a medida por considerá-la “contraproducente”.
    9A ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) criticou duramente a medida por considerá-la “contraproducente”. AP
  • Uma mulher carrega seus pertences após o incêndio.
    10Uma mulher carrega seus pertences após o incêndio. REUTERS
  • Um homem observa uma área destruída.
    11Um homem observa uma área destruída. REUTERS
  • Desde o início da pandemia, as ONGs exigem o desmantelamento de Moria e a transferência de seus internos para campos ou instalações menores e mais bem preparadas, já que em Moria não há suficiente água, sabão ou privadas para toda a população.
    12Desde o início da pandemia, as ONGs exigem o desmantelamento de Moria e a transferência de seus internos para campos ou instalações menores e mais bem preparadas, já que em Moria não há suficiente água, sabão ou privadas para toda a população. AP
  • Duas mulheres observam uma das zonas queimadas do acampamento de refugiados.
    13Duas mulheres observam uma das zonas queimadas do acampamento de refugiados. AP
  • Refugiados carregam seus escassos pertences enquanto afastam-se do incêndio no acampamento de Moria.
    14Refugiados carregam seus escassos pertences enquanto afastam-se do incêndio no acampamento de Moria. REUTERS
  • O acampamento após o incêndio.
    15O acampamento após o incêndio. AP
  • Crianças caminham junto aos escombros queimados do campo de refugiados de Moria.
    16Crianças caminham junto aos escombros queimados do campo de refugiados de Moria. AP
  • Imigrante caminha entre os restos de casas improvisadas depois do incêndio.
    17Imigrante caminha entre os restos de casas improvisadas depois do incêndio. REUTERS
  • Um porta-voz do Governo citado pelo canal público ERT informou que o incêndio está sendo investigado. Há outros dois focos ativos na área, cuja extinção é dificultada pelo vento.
    18Um porta-voz do Governo citado pelo canal público ERT informou que o incêndio está sendo investigado. Há outros dois focos ativos na área, cuja extinção é dificultada pelo vento. REUTERS