A pandemia do coronavírus

AO VIVO | Últimas notícias sobre o coronavírus e a crise política no Brasil

Espanha define limitação de circulação e restringe reuniões sociais a no máximo seis pessoas. Itália vai prorrogar estado de emergência por covid-19 até final de janeiro, diz premiê África surpreende com baixas taxas de covid-19. Escolas particulares do Rio podem retomar aulas presenciais nesta quinta. Brasil registra 143.952 mortes por covid-19 e 4,8 milhões de casos.

Movimento no centro de Tóquio. Governo japonês vai flexibilizar entrada de visitantes de médio e longo prazo a partir desta quinta.
Movimento no centro de Tóquio. Governo japonês vai flexibilizar entrada de visitantes de médio e longo prazo a partir desta quinta.KIMIMASA MAYAMA / EFE
São Paulo / Brasília - 01 oct 2020 - 13:03 UTC

Mais informações

O temor de uma segunda onda de coronavírus faz países da Europa implantarem restrições. A Espanha definiu nesta quinta medidas que deverão ser implantadas nas cidades em que o vírus parece não ter controle, como restrição de circulação e limitação de reuniões sociais a no máximo seis pessoas. Já a Itália, primeiro país da Europa a enfrentar um grande surto da covid-19, mas que conseguiu reduzir as infecções após um rígido lockdown que vigorou entre março e maio, quer estender o estado de emergência até janeiro —a medida acabaria neste mês. O país tem o maior número de mortos pela doença na Europa continental, com 35.893 óbitos confirmados. No mundo, são relatados 1.014.588 mortes e quase 34 milhões de casos. O Brasil registra 143.952 mortes por covid-19 e 4,8 milhões de casos.

Veja os destaques da cobertura desta quinta:

  • Espanha define limitação de circulação e restringe reuniões sociais a no máximo seis pessoas.
  • Itália vai prorrogar estado de emergência por covid-19 até final de janeiro, diz premiê
  • África surpreende com baixas taxas de covid-19.
  • Escolas particulares do Rio podem retomar aulas presenciais nesta quinta.
  • Brasil registra 143.952 mortes por covid-19 e 4,8 milhões de casos.

Acompanhe a cobertura ao vivo, em tempo real:


Mais informações