A pandemia do coronavírus

AO VIVO | Últimas notícias sobre o coronavírus e a crise política no Brasil

Brasil se aproxima de 4,5 milhões de infectados e soma mais de 135.000 mortos. Reino Unido pode ter novo confinamento “como última medida”. Os contágios mundiais pela covid-19 superam 30 milhões, segundo a Universidade Johns Hopkins. OPAS pede aos países da América Latina um “planejamento cuidadoso” das eleições para evitar contágios

São Paulo / Brasília - 18 sep 2020 - 21:59 UTC
Judeu reza em sinagoga com barreiras plásticas para evitar o contágio pelo novo coronavírus nesta sexta-feira, às vésperas de um novo confinamento em Israel decretado em meio a uma nova onda da covid-19.
Judeu reza em sinagoga com barreiras plásticas para evitar o contágio pelo novo coronavírus nesta sexta-feira, às vésperas de um novo confinamento em Israel decretado em meio a uma nova onda da covid-19.RONEN ZVULUN / Reuters

Mais informações

Os contágios mundiais pela covid-19 superam 30 milhões, segundo a Universidade Johns Hopkins. Destes, quase 4,5 milhões de infectados e 135.793 mortos estão no Brasil. O país foi o quinto país com maior taxa diária de coronavírus por um milhão de habitantes em agosto, aponta levantamento divulgado pela revista The Lancet com dados de 91 nações. Com índice de 190,9 novas infecções por um milhão de habitantes por dia, o país está na cor vermelha, que significa que a transmissão comunitária é “muito alta”. Em meio ao temor de uma segunda onda da pandemia do novo coronavírus na Europa, alguns países, como o Reino Unido, não descartam medidas de confinamento nacional “como última medida”, caso o número de casos volte a seguir e as medidas de distanciamento social não sejam respeitadas. Nos EUA, a menos de 60 dias do pleito presidencial, Donald Trump insiste que terá uma vacina contra covid-19 pronta em outubro. Diante do avanço da doença na Espanha, Madri anunciou que vai confinar a partir do fim de semana áreas com maior incidência do vírus.

Veja os destaques da cobertura desta quinta:

  • Brasil soma, desde o início da pandemia, 135.793 mortes por covid-19 e quase 4,5 milhões de casos.
  • Reino Unido pode ter novo confinamento “como última medida”, diz ministro da Saúde.
  • Trump insiste que a vacina contra covid-19 estará pronta em outubro.
  • Brasil está entre os países com maior taxa de infecções em agosto, aponta ‘The Lancet’.
  • Mundo registra quase 30 milhões de infecções e 941.345 mortes.


Acompanhe a cobertura ao vivo, em tempo real:


Mais informações