Pandemia de Coronavírus

AO VIVO | Últimas notícias sobre o coronavírus e a crise política no Brasil e no mundo

Bolsonaro defende mudança na divulgação de dados do Ministério da Saúde, que, pelo terceiro dia consecutivo, atrasa o boletim sobre mortes e infecções, e omite os números. Por transparência, TCU estuda exigir que boletins da covid-19 tenham horário fixo. Milhares de pessoas vão às ruas contra o racismo. Caixa abre 680 agências neste sábado para pagamento do auxílio emergencial

Milhares de pessoas protestam contra o racismo e a violência policial neste sábado, em Lisboa, Portugal, em memória pela morte de George Floyd, nos EUA.
Milhares de pessoas protestam contra o racismo e a violência policial neste sábado, em Lisboa, Portugal, em memória pela morte de George Floyd, nos EUA.Armando Franca / AP
São Paulo , Brasília , Madri - 06 jun 2020 - 18:32 UTC

Caixa abre 680 agências neste sábado para pagamento do auxílio emergencial por conta da pandemia de coronavírus. O Governo Jair Bolsonaro mudou nesta sexta-feira a forma como os dados sobre a doença são divulgados diariamente. A crítica é que o novo boletim sai muito tarde, às 22h, e sem a quantidade total de óbitos e número de casos. O presidente justificou no Twitter que “ao acumular dados, além de não indicar que a maior parcela já não está com a doença, não retratam o momento do país”. O Brasil já conta 35.026 mortos pelo coronavírus e 645.771 infectados, mas agora é a população que tem de somar os números de novos óbitos e contágios. Estimulado pelo Governo Bolsonaro, vários Estados flexibilizam as medidas de isolamento social e veem subir a curva de contaminação. No Rio, que iniciou a reabertura gradual na sexta-feira, o Ministério Público e Defensoria questionam os planos do Governo do Estado.

Veja os destaques da cobertura deste sábado:

  • Milhares de pessoas vão às ruas contra o racismo no mundo
  • Bolsonaro defende mudança na divulgação de dados do Ministério da Saúde.
  • Caixa abre 680 agências neste sábado para pagamento do auxílio emergencial.
  • Brasil conta 35.026 mortos pelo coronavírus e 645.771 infectados.

Acompanhe as principais notícias sobre o coronavírus e a crise política:


Mais informações