Tribuna
i

Não há bala de prata contra as fake news

Robôs sozinhos não são capazes de viralizar informação falsa. Precisamos mudar nossa cultura para que o compartilhamento de boatos e mentiras não seja mais socialmente aceito

Homem checa o celular em Montevidéu.
Homem checa o celular em Montevidéu.Leticia Ferreiro / Banco Mundial
Alana Rizzo|Clara Becker

Você sabe reconhecer fake news? E deepfakes? Consegue perceber quando seu comentário nas redes ultrapassa a liberdade de expressão e se transforma em discurso de ódio? Quando foi a última vez que você perdeu tempo —e sanidade mental— interagindo com bots ou trolls que disparam mensagens automáticas? Queremos crer qu...

Mais informações